Apple registra maior lucro no mercado global de smartphones no terceiro trimestre

21 de Setembro de 2018
1 Partilhas 217 Visualizações

Os últimos relatórios divulgados pela Counterpoint Research, indicam que a Apple foi a empresa que mais lucrou no mercado global de smartphones durante o terceiro trimestre deste ano. A gigante de Cupertino obteve 62% de todo o lucro deste segmento, fazendo com que outras rivais ficassem bem distantes.

Embora a Samsung seja a maior fabricante de smartphones do mundo, a sul-coreana ficou em segundo lugar, somando 17% de todo o lucro do mercado de smartphones durante este período. Portanto, a Apple conseguiu “colocar em seus cofres” 3,6 vezes mais dinheiro que a sua maior concorrente vendendo menos smartphones.

iPhone XR

Esse resultado foi possível não apenas pelo fato da Apple vender somente aparelhos top de linha, mas também devido aos preços bem mais altos se compararmos com outras fabricantes. Em terceiro lugar, temos a Huawei, que registrou 8% dos lucros, seguida pela Oppo, Vivo e Xiaomi, que somaram 5%, 4% e 3%, respectivamente.

No total, estas quatro empresas chinesas arrecadaram 20% do lucro obtido no terceiro trimestre, valor três vezes menor do que a Apple registrou sozinha. Sendo assim, fica claro a dominância da “maça” durante o período analisado pela Counterpoint Research.

Embora não existam números oficiais à respeito dos lucros, a consultoria acredita que a Apple ficou nada menos que US$ 6 bilhões mais rica. A Counterpoint também destacou que o mercado de smartphones top de linha continua crescendo, mesmo que o mercado global de celulares tenha diminuído em 1% no terceiro trimestre.

iPhone 8 e 8 Plus em vermelho

As vendas de aparelhos mais caros, que custam acima de US$ 400, cresceu 7%. Portanto, aqueles modelos mais baratos estão sendo menos procurados pelos consumidores que, atualmente, preferem apostar em um dispositivo mais potente.

Além disso, se levarmos em consideração que os smartphones mais caros geram mais lucros as fabricantes, algumas empresas estão lutando para conseguir uma boa posição neste segmento bastante competitivo e cheio de opções. A Samsung é uma delas, afinal, as vendas do Galaxy S9 e S9+ não foram tão boas quanto o esperado.

Galaxy Note 9

Por esse motivo, a gigante sul-coreana apresentou o Galaxy Note 9 mais cedo, em uma tentativa de atrair mais consumidores ao seu novo top de linha e, consequentemente, não deixar que o setor mobile de alto padrão amargue prejuízos.

Quando falamos dos números referentes aos celulares mais potentes (que custam acima US$ 400), a Counterpoint destaca que 43% dos modelos comercializados no terceiro trimestre foram da Apple. A Samsung registrou 24%, enquanto Oppo, Huawei, Xiaomi e OnePlus somaram 10%, 9%, 3% e 2%, respectivamente.

Fonte: CounterpointResearch

Artigos interessantes

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã
Destaques
39 Visualizações
Destaques
39 Visualizações

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã

Bruno Peralta - 17 de Janeiro de 2019

Falta pouco mais de um mês para a grande apresentação da Samsung, que decorrerá no dia 20 de fevereiro para…

Twitter libera versão cronológica da timeline
Redes Sociais
23 Visualizações
Redes Sociais
23 Visualizações

Twitter libera versão cronológica da timeline

João Pedro Souza - 17 de Janeiro de 2019

Uma nova atualização do Twitter para Android traz a possibilidade de visualizar o feed na ordem cronológica. Opção que já…

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento

Bruno Peralta - 16 de Janeiro de 2019

Os fabricantes de smartphones estão retirando lentamente os tradicionais leitores de impressão digital em favor dos sensores no ecrã, mas…

Comente

O seu email não será publico