Apple: Projeto de óculos de realidade aumentada está suspenso

Numa altura onde foram anunciados alguns produtos da Apple, eis que surge um novo rumor da Apple apresentado pelo jornalista da Bloomberg, Mark Gurman, que se concentra nos esforços da empresa para criar os óculos de realidade aumentada revolucionários que podem tornar o iPhone bastante útil. A corrida para desenvolver os óculos AR amigáveis ​​ao consumidor está em andamento, apesar das falhas notáveis, como o projeto Glass abandonado do Google e o HoloLens, voltado agora para empresas, da Microsoft.

A Meta, Google e outros estão a trabalhar em projetos semelhantes como o Projeto Iris e Nazare, mas Gurman relata o plano da Apple de lançar um conjunto de óculos após o lançamento do seu primeiro projeto de realidade mista, um headset de última geração definido para estrear este ano, recebeu agora uma alteração de lançamento para 2025 abandonando a data anterior de 2023.

O sensor inicial da Apple e o headset carregado com câmera podem custar cerca de US $ 3.000, combinando hardware VR dedicado com uma CPU M2 semelhante a um desktop, semelhante às dos computadores MacBook Pro e Mac Mini que a Apple anunciou ontem.

Gurman escreve que uma versão mais barata que irá usar hardware semelhante ao iPhone, lançada em 2024 ou 2025, pode ter um preço inicial próximo a US$1.500. Isto também segue o seu relatório anterior sobre a existência das marcas registadas Reality Pro / Reality One, que podem ajudar a delinear as diferentes classes do headset.

Outro sinal é que, se a criação de um conjunto de óculos AR leves e usáveis ​​o dia todo está fora do alcance da Apple devido a “desafios técnicos”, fica mais difícil imaginar que o Projeto Iris do Google, ou os óculos Meta que Mark Zuckerberg supostamente com lançamento previsto para 2024, sejam anunciados em breve.

No entanto, talvez eles encontrem sucesso com base nas abordagens alternativas. O Google anunciou que iria começar a testar protótipos no outono passado. Ao mesmo tempo, o plano de três etapas Nazare/Artemis/Hypernova da Meta começam com um conjunto de óculos que será entregue apenas aos desenvolvedores.

O relatório não cita a mudança de planos da Apple como resultado de cortes orçamentários, mas com demissões e cortes a atingirem grandes empresas de tecnologia, gerir a situação económica atual pode ser um problema.

Fonte: Bloomberg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui