Apple pensa adicionar a empresa BOE à sua lista de fornecedores OLED

Surgiram novas informações a respeito da próxima série do iPhone 11 e dependendo de quanto você usa o recurso, isso pode afetá-lo negativamente ou não afetá-lo. Primeiramente, está a ser reivindicado que a Apple estará a deixar de lado a tecnologia 3D Touch que foi introduzida em 2015 com o lançamento do iPhone 6S e iPhone 6S Plus. Além disso, o gigante de Cupertino também vai receber a empresa chinesa BOE como fornecedora de OLED.

A Apple poderia estar a adicionar o BOE como uma opção secundária, já que a Samsung pode experimentar problemas de aquisição de componentes devido às restrições impostas pelo Japão.

Esta não é a primeira vez que se afirma que o Touch 3D será obsoleto e, além disso, o iOS 13 menciona alguns recursos como o Quick Actions, Peep e Pop, etc., o que implica que o Haptic Touch do iPhone XR poderá assumir controlo. O 3D Touch aparentemente era uma tecnologia subutilizada e alguns usuários não entenderam como ele funciona ou como isso os beneficiou. Agora que está aparentemente a sair de cena, a Apple não precisará mais de displays sensíveis à pressão, o que significa que os fabricantes de módulos de toque TPK e GIS ganharão menos receita por unidade, já que os novos serão mais simples e menos caros de produzir.

Noutras notícias, o Japão colocou restrições à venda de poliimidas fluoradas, que são usadas para fazer displays OLED, para a Coreia, e dado que a Samsung é o principal fornecedor de OLED da Apple para iPhones agora, isso pode levar a problemas. Assim, a Apple aparentemente está a pensar dar as boas vindas à BOE. A empresa presumivelmente também reformulou sua linha de produção para prepará-lo para a produção em massa de OLEDs flexíveis com sensores de toque, já em Março.

Embora não pareça que um acordo tenha sido ainda finalizado, adicionar um segundo fornecedor não apenas ajudará a Apple a evitar incertezas do lado da oferta, mas também permitirá que a empresa negocie preços mais baixos enquanto prepara o lançamento do iPhone 11, o que é esperado ocorrer durante o mês de Setembro. Embora o 3D Touch esteja a ser deixado de fora, há outros recursos que podem valer a pena investigar.

Os novos iPhones são esperados para Setembro, e oferecerão melhor capacidade de fotografar e reverter o carregamento sem fio . No entanto, analistas não acreditam que os recursos sejam estimulantes o suficiente para impulsionar as vendas, mas acreditam que 2020 é o ano em que as remessas de iPhone da Apple devem se recuperar , graças à adoção de modems 5G e a um iPhone presumivelmente mais barato.

Fonte

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here