Apple pausa anúncios de jogos de azar na App Store

A Apple “pausou os anúncios relacionados a jogos de azar e algumas outras categorias nas páginas de produtos da App Store” depois dos desenvolvedores criticaram os tipos de anúncios que aparecem na App Store do iPhone, de acordo com um comunicado do porta-voz Trevor Kincaid.

Nesta semana, a Apple anunciou que as empresas poderiam anunciar os seus aplicativos nas páginas da loja para outros aplicativos, colocando o seu ícone na seção “também pode gostar”. Imediatamente, os desenvolvedores começaram a mostrar exemplos de anúncios de aplicativos de jogos de azar recomendados nos seus aplicativos.

O Twitter também está cheio de capturas de ecrã de anúncios muito inadequados, um utilizador do Twitter mostra um aplicativo a ser anunciado ao lado de aplicativos de recuperação de vício em jogos de azar, e existe exemplos de outros aplicativos de apostas a serem anunciados em páginas de aplicativos voltados para as crianças, aplicativos de conversas por vídeo para adultos a aparecer na página do Apple Books e aplicativos de namoro a serem colocados em aplicativos projetados para melhorar os relacionamentos existentes.

Como aponta o repórter do MacRumors, Joe Rossignol, a Apple não esclareceu quanto tempo duraria a pausa, ou se irá fazer alguma mudança de política com base em como o lançamento inicial correu. Também não está claro quais as outras categorias de anúncios também foram pausadas.

As regras da Apple para publicidade na App Store listam aplicativos relacionados a jogos de azar, álcool, namoro e indústria farmacêutica e médica como “restritos”, o que significa que existem regras especiais sobre onde eles podem ser exibidos. As limitações são principalmente sobre as leis. O site diz que os aplicativos de jogos de azar são “proibidos ou limitados em alguns países e regiões”, mas não diz nada sobre o público ao qual eles podem ser servidos.

Como a Apple procede pode ser muito importante para o futuro do iPhone. Os relatórios indicaram que está a planear expandir os anúncios fora da App Store, para aplicativos como Maps, Podcasts e Books.

A boa notícia para a Apple é que existem outras empresas que estão a trabalhar nesse problema das quais ela pode emprestar ideias. O Google, por exemplo, permite limitar o número de anúncios que vê sobre tópicos potencialmente delicados, como álcool, jogos de azar, namoro, gravidez e perda de peso.

Fonte: Apple

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui