Apple, Google, Tesla, Microsoft, Adobe e Hp pedem a Trump que cumpra Acordo de Paris

Numa altura em que decorre a cimeira da ONU sobre o clima, que começou ontem em Madrid e os EUA não estão representados ao mais alto nível, a Apple, Google, Microsoft, HP, Adobe e Tesla assinaram uma carta a pedir que os EUA cumpram Acordo de Paris.

Os EUA não pretendem respeitar o compromisso do Acordo de Paris e numa altura de grave crise climática esta decisão não tem deixado ninguém indiferente nem mesmo os CEOs das maiores empresas. Estas empresas têm mais de 2 milhões de funcionários nos EUA e, por este motivo, os seus representantes, cientes da grave crise climática que vivemos, fazem um apelo a Trump.

Os responsáveis executivos destas grandes empresas acreditam que cumprir o Acordo de Paris vai gerar maior competitividade e a procura de soluções mais amigas do Planeta que, por si só, desenvolvem a criatividade.

O Facebook e Amazon não assinaram esta carta o que leva algumas pessoas a levantar a voz e a acusar estas empresas de não se preocuparem com as boas práticas ambientais. O Facebook já respondeu reafirmando o seu compromisso de em 2020 recorrer a energias renováveis em todas as operações. Já por parte da Amazon estas críticas que se levantaram ainda não obtiveram qualquer resposta.

As empresas que assinaram, por sua vez, parecem receber de todos nós um grande reconhecimento e agradecimento pela pressão que estão a fazer e por não colocarem o lucro e o sucesso à frente de tudo. Afinal, ficamos a perceber que para estas empresas as alterações climáticas são um assunto preocupante. Recorde-se que a grave crise climática que vivemos tem sido notícia quase diariamente e até já milhares de cientistas se uniram numa só voz para alertarem os mais distraídos da preocupante situação em que estamos a mergulhar.

Queremos acreditar que esta pressão tão forte, influente e mediática, faça Trump reconsiderar.

Fonte: Fox Business

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here