Apple e Spotify discutem plano para iPhones usarem a Siri para reproduzir músicas do Spotify

Sim, dinheiro sempre ganha no final… Afinal, até mesmo o relacionamento um pouco “hostil” entre a Apple e a Spotify já não é tão mais hostil assim. Mesmo que a Spotify apresentou uma queixa antitruste contra sua rival na UE, não foi uma grande barreira para ser resolvido.

Agora, as duas empresas estão discutindo um plano para permitir que usuários do iPhone reproduzam músicas do Spotify, listas de reprodução e álbuns usando comandos de voz da Siri, de acordo com informações.

Quando revelou o iOS 13, a Apple abriu a possibilidade de a Siri trabalhar com serviços de música rivais através de novas atualizações do SiriKit. Se a Apple e o Spotify puderem resolver alguma coisa, você poderá reproduzir músicas do Spotify usando o Siri de um iPhone sem precisar abrir o aplicativo.

Apple e Spotify

Como parte de sua denúncia antitruste, o Spotify publicou um site listando as razões pelas quais a Apple não está se comportando de maneira competitiva. Sua principal reclamação é a taxa de 15% a 30% que a Apple recebe do serviço de assinatura do Spotify na App Store.

Parece que, ao atuar como guardião de serviços como o Spotify, ao mesmo tempo em que oferece seu próprio aplicativo, a Apple está competindo de forma injusta. O Spotify disse originalmente que “a Apple não nos permitirá estar no HomePod e eles definitivamente não nos permitirão conectar com a Siri para tocar seus doces”.

No entanto, como The Information observa, ele mudou a redação, que agora diz: “Apenas recentemente, a Apple anunciou que nos permitirá conectar com a Siri para tocar suas músicas … mas não menciona nosso nome (‘Eu quero jogar [ X] no Spotify ‘) e seu HomePod será o padrão para o Apple Music. “

O Assistente do Google e o Amazon Alexa trabalham com o Spotify, mas o Siri não. A Apple usou esse fato para impulsionar seu próprio serviço Apple Music, que tem forte integração com a Siri, HomePod e Apple TV (a Apple Music tem mais de 60 milhões de assinantes pagos, enquanto o Spotify tem mais de 100 milhões de usuários premium).

Em qualquer caso, as notícias provavelmente não atrapalharão a ação anticoncorrência do Spotify na UE. Mas com certeza irá mudar alguma coisa nessa relação. Mas enfim, esperamos que tenha uma bom desenvolvimento para nós, curiosos dos problemas alheios.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here