App Annie condenada a pagar 10 milhões de euros para resolver fraude com a SEC

A App Annie, empresa que recolhe e vende informações sobre o desempenho de aplicativos móveis, concordou em pagar 10 milhões de euros para encerrar uma investigação de fraude em títulos.

De acordo com a SEC, a App Annie usou as informações confidenciais de varias empresas de aplicativos para gerar os seus modelos estatísticos de desempenho de aplicativos. App Annie disse às empresas que os dados fornecidos seriam agregados e tornados anônimos, e não iria divulgar a terceiros. Entre o final de 2014 e meados de 2018, App Annie e seu ex-CEO Bertrand Schmitt usaram os dados que não foram agregados ou anônimos para tornar as suas estimativas mais valiosas para vender a empresa de trading.

A SEC diz que a App Annie e Schmitt estavam bem cientes de que os clientes das empresas de comércio estavam a usar as suas informações para tomar decisões de investimento e deturparam a forma como gerou as suas estimativas, afirmando que App Annie tinha controlos internos eficazes para evitar que os dados confidenciais fossem usados ​indevidamente.

blank

Gurbir Grewal, diretor da fiscalização da SEC disse que a App Annie e o ex-CEO “mentiram para as empresas sobre como os seus dados confidenciais estavam a ser usados ​​e, em seguida, não apenas venderam as estimativas manipuladas para os seus clientes como também os encorajou a negociar com eles estimativas.

A SEC observou que as informações que App Annie recolhia são chamadas de “dados alternativos” pelas empresas de comércio, uma vez que não são informações encontradas nas demonstrações financeiras de uma empresa ou em outras fontes de dados tradicionais.

Como parte deste acordo, App Annie não admitiu nem negou as alegações da SEC. Schmitt irá pagar uma multa de 300.000€ e está impedido de servir como executivo ou diretor de uma empresa de capital aberto por três anos.

“Lamento profundamente que os procedimentos da App Annie antes de meados de 2018 tenham resultado numa investigação com a SEC”, escreveu Schmitt. Ele disse também que a empresa “não divulgou realmente nenhuma informação confidencial dos clientes ou MNPI fora da empresa. A SEC não fez tal reclamação, as alegações de que podemos ter deturpado aos clientes da empresa de comércio a adequação de nossos o controlos de alguns dos dados confidenciais que usamos nas nossas estimativas ainda é muito perturbador para mim, como cofundador e ex-CEO da empresa. ”App Annie

Fonte: AppAnnie

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here