Após divulgação de patente, rumores sobre o novo drone da Apple intensificam-se

Os rumores em torno da Apple surgem muito recorrentemente. Desde há algum tempo, muitos são os rumores sobre um possível desenvolvimento de um carro autónomo, e até mesmo de um headset de realidade aumentada/virtual, contudo nenhum destes produtos foram anunciados oficialmente pela marca.

O site de notícias especializado Patently Apple, que anunciou por três vezes no ano passado, rumores sobre possíveis patentes de drones da empresa de Cupertino, agora identificou mais duas patentes da Apple nesta área. Uma está relacionada com emparelhamento e desemparelhamento, enquanto que a outra descreve um método para controlar remotamente um drone através de um controlador.

O lançamento de um drone por parte da Apple pode surgir de forma inesperada, mas é completamente uma surpresa já que, em 2015, o artista conceitual Eric Huisman desenvolveu várias imagens deste equipamento, construído em plástico branco com curvas que lembram os modelos iMac mais antigos. A camada do meio seria preta com o intuito de obter um contraste elegante.

blank

Embora as notícias sobre estas patentes pareçam empolgantes, é importante frisar que a Apple é conhecida por apresentar uma ampla gama de patentes para dispositivos que nunca chegam a ser lançados.

Os novos drones vão conseguir comunicar com o comando e controlo em redes 5G, e estarão integrados num ecossistema standard criado pela 3GPP (organização responsável pela gestão e estandardização da tecnologia wireless, responsável pelo padrão da rede 5G). É possível que seja utilizada uma frequência de rádio para fazer o controlo remoto, ou que seja feito através de um iPhone.

Os documentos técnicos divulgado, mostram esquemas que indicam como o drone pode ser controlado através de uma rede 3GPP, sendo que pode ser controlado a uma grande distância. Os operadores vão ter na sua posse informações como a velocidade, orientação e altitude.

Para além de Singapura, ambos os registos de patente foram também registados nos Estados Unidos.

Fonte: Tech Crunch

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here