Aplicação que permite tirar fotografias a um objecto e colocá-lo no Photoshop

Foi colocado em um post na rede social Twitter uma aplicação móvel algo futurística e inovadora. Foi demonstrado nesse post em como podemos utilizar a mesma para capturar uma fotografia de um objecto real e o mesmo ser automaticamente recortado do fundo onde encontra-se, e colocado em forma de projecto dentro do Photoshop. Tudo graças à máquina de auto aprendizagem e do software em si que a respectiva aplicação possuí.

Foi demonstrado o seu funcionamento e podemos agradecer o desenvolvimento da mesma ao artista e programador Cyril Diagne. A aplicação em questão chama-se “AR Cut & Paste”. De modo a colocar o software a funcionar, foi necessário uma aplicação móvel, um servidor local que permite efectuar a conexão ao Photoshop existente em um computador, e um serviço que permite detectar objectos e consegue remover o plano de fundo onde o mesmo se encontra.

Foi adicionalmente também disponibilizado um algoritmo que permite detectar para onde a câmara do seu smartphone encontra-se a apontar, facilitando assim a passagem como um projecto para o Photoshop do seu computador e colar o objecto mesmo no seu ecrã no local certo.

Isto é de facto algo impressionante na área de edição de imagem e que não consiste em nada semelhante ao que hoje em dia podemos encontrar nos equipamentos topos de gama, apesar de tentarem de um certo modo obter o mesmo objectivo. Especialmente agora que a Apple disponibilizou o seu sensor LIDAR para o seu iPad, cuja função principal é detectar de um modo bastante preciso objectos que encontram-se à nossa volta e com suporte a aplicações de realidade aumentada (AR).

A aplicação desenvolvida por Diagne poderá suportar mais do que somente o Photoshop num futuro breve. Infelizmente, o seu software encontra-se como apenas um protótipo de investigação e não como uma ferramenta para os utilizadores comuns dos smartphones. Será provavelmente necessário que uma das grandes empresas de software comecem a implementar a AR como esta, e então sim começar a ser disponibilizada para o mercado de consumo geral.

Fonte: PhoneArena

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui