APDSI participou na Iniciativa Portuguesa do Fórum da Governação da Internet 2018 intitulada “Internet: um jogo de sombras?”

22 de Outubro de 2018
1 Partilhas 284 Visualizações

“Internet: um jogo de sombras” foi o tema central da edição de 2018 da Iniciativa Portuguesa do Fórum da Governação da Internet, que se realizou a 17 de outubro na Universidade de Aveiro, e onde a APDSI marcou presença enquanto uma das entidades organizadoras.

A academia, várias entidades públicas estratégicas e entidades privadas juntaram-se à comunidade técnica da Internet e à sociedade em geral para discutir questões emergentes diretamente relacionadas com a Governação da Internet.

Depois do debate “Que tipo de Internet queremos? Governação e políticas públicas da Internet nos contextos nacional e global”, os participantes dividiram-se entre a sessão dedicada à “Inteligência Artificial e Big data”, moderado por Miguel Brito Campos, da APDSI, e o debate sobre “Segurança no Ciberespaço: O dilema entre a privacidade do indivíduo e a segurança do Estado”. Ernesto Costa, da Universidade de Coimbra, foi o keynote speaker deste painel, para o qual deixou a mensagem que, os mecanismos de inteligência artificial que foram acrescentados aos computadores, têm tanto de positivo quanto de perigoso.

Foram descritas três formas de Inteligência Artificial: a simbólica (agentes de decisão num computador que segue o caminho dos humanos), a conexionista (abordagem que apareceu nos anos 80, sendo um modelo assente na maneira como o cérebro funciona e como os neurónios se interligam para resolver problemas complexos) e a evolutiva (uma nova maneira de encarar esta arquitetura com base em ligações neuronais; as soluções são criadas pelo computador com base numa seleção natural – deep learning; não há raw data).

As fake news, a tecnologia Blockchain e a “Governação, confiança, privacidade e desafios na era do IoT” foram os temas em destaque da parte da tarde. As notícias falsas e boatos sempre existiram mas a sua propagação pelos mais variados media tem levantado questões sobre o atual papel do jornalista, sendo necessário criar soluções adaptadas a um ecossistema mediático universal e instantâneo.

Os resultados produzidos pelo evento, organizado pela FCT em parceria com a ANACOM, DNS.pt, IAPMEI, Internet Society e a APDSI, serão enviados ao Internet Governance Forum – IGF para elaboração do habitual relatório anual.

Artigos interessantes

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã
Destaques
39 Visualizações
Destaques
39 Visualizações

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã

Bruno Peralta - 17 de Janeiro de 2019

Falta pouco mais de um mês para a grande apresentação da Samsung, que decorrerá no dia 20 de fevereiro para…

Twitter libera versão cronológica da timeline
Redes Sociais
23 Visualizações
Redes Sociais
23 Visualizações

Twitter libera versão cronológica da timeline

João Pedro Souza - 17 de Janeiro de 2019

Uma nova atualização do Twitter para Android traz a possibilidade de visualizar o feed na ordem cronológica. Opção que já…

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento

Bruno Peralta - 16 de Janeiro de 2019

Os fabricantes de smartphones estão retirando lentamente os tradicionais leitores de impressão digital em favor dos sensores no ecrã, mas…

Comente

O seu email não será publico