Anunciantes fartos da passividade do Youtube

Red Magic 6S

A Google divulgou na última quarta-feira que estava a desenvolver um conjunto de novas medidas com vista ao reforço da sua política para impedir que vídeos inapropriados chegassem ao público infantil – fato que se estava a tornara frequente na plataforma.

Mas as mudanças podem ter provocado efeitos colaterais como a queda de canais famosos e o temor dos anunciantes. “Nos últimos meses, notamos uma tendência crescente em torno do conteúdo no YouTube que tenta fazer-se passar por familiar, mas não é claramente. Embora alguns desses vídeos possam ser adequados para adultos, outros são completamente inaceitáveis. E é nesse sentido que estamos a trabalhar para removê-los do YouTube”, disse a empresa no blog oficial da plataforma.

Porquinha Peppa ou Super Homem são apenas duas das personagens mais afectadas. Nos seus vídeos aparecem, com frequência, banners com conteúdo sexual e violento. Contudo, as novas medidas estão de tal forma desajustadas que personalidades Mundiais no panorama televisivo viram as suas contas removidas. Foi o caso de Conan O’Brien ou de Miley Cyrus. Recorde-se que, segundo o The Times, a chocolateira Cadbury, o supermercado Lidl, o Deutsche Bank e a Adidas retiraram os seus anúncios da plataforma após saberem que estes eram exibidos em vídeos contendo pedofilia.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here