Antiga primeira-dama alemã pode processar a Google por difamação

Em causa está um dos resultados apresentado pelo motor de busca da empresa de Mountain View. Quando um utilizador escreve Bettina Wulff no Google, o sistema de sugestões apresenta como uma das hipóteses de pesquisa os termos “Betina Wulff prostituierte”, que em tradução livre significa «Betina Wulff prostituta». A mulher do antigo presidente alemão Christian Wulff pondera agora processar a multinacional norte-americana por continuar a alimentar um rumor que lhe destruiu a reputação. Esta não seria a primeira vez em que a Google é processada pelas sugestões do motor de busca.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here