Inicio Tecnologia Análises Análise TarDisk Pear 256GB: nunca foi tão fácil aumentar a memória do...

Análise TarDisk Pear 256GB: nunca foi tão fácil aumentar a memória do seu MacBook

Os modelos mais básicos do MacBook Air e do MacBook Pro contam com apenas 128GB de memória interna, uma capacidade de armazenamento um tanto limitada. E se você quiser aumentá-la pagará muito por isso, já para não falar que não é fácil abrir o dispositivo e instalar a nova memória.

Assim sendo, eis que surge uma alternativa. O TarDisk Pear pode ser utilizado como cartão microSD, mas a grande vantagem dele é que pode fundir esta memória com a do disco principal, originando um único volume.

Instalação

Para começar, terá de inserir o seu TarDisk no encaixe para cartões SD do seu MacBook. Depois, o software de instalação deverá abrir automaticamente e a partir daí é só seguir os passos solicitados.

O processo demora algum tempo e o computador vai ter de ser reiniciado algumas vezes. Além disso, de reforçar que precisa de ter 8GB de interna para poder fazer esta instalação e usufruir do upgrade de memória que o TarDisk permite.

Funcionamento

Após a instalação, tudo aparece exatamente como aparecia antes. Menos a quantidade de memória disponível na sua máquina, que terá o seu volume aumentado. Portanto, do ponto de vista do utilizador não há nada de diferente na performance do computador depois de instalado este SD.

Potenciais problemas

A desvantagem mais óbvia que poderá encontrar ao utilizar o TarDiskPear é que ele ocupará o slot de cartão. Ou seja, caso use frequentemente cartões microSD para transferir dados, o melhor é mesmo comprar um leitor USB de cartões de memória.

Além disso, é de ter em conta que o uso do TarDisk Pear afeta a bateria do equipamento. A diferença não é abismal, mas obviamente requer alguma energia. Estima-se que um MacBook Air com 7 horas de autonomia fique afetado em cerca de 5 minutos, que, sinceramente, é mínimo tendo em conta  a excelente oferta do produto.

Veredito

O TarDisk Pear é um cartão a ter seriamente em conta. Não só aumenta a memória do seu MacBook, como não precisa de o abrir. A instalação é muito simples e não é um simples cartão de memória extra. Com este TarDisk, é fácil fundir a sua memória com a já presente no disco e originar um único volume.

As únicas potenciais desvantagens prendem-se com facto da duração da bateria vir a diminuir ligeiramente e também que lhe ocupará o único slot que tem para cartão SD.

Pontos fortes:

  • Une-se à unidade de memória existente
  • Material em alumínio
  • Bom desempenho

Pontos fracos:

  • Utiliza o slot de cartão

Desde já agradecemos à TarDisk por nos ter cedido uma unidade para teste. Pode adquirir o produto no site oficial da empresa a partir de 149$.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here