Análise Surface Laptop 2: Review

O Surface Laptop original já era por si uma autêntica maravilha em todos os aspectos, mas a Microsoft sendo a Microsoft, decidiu ir mais longe e implementar umas quantas melhorias.

E foi assim que foi concebido o Surface Laptop 2, um laptop topo de gama pensado a cumprir seja em termos de design, seja em termos de performance. Ele fornece uma experiência a nível superior que faz os engenheiros interrogarem-se como não pensaram em certas coisas anteriormente.

Design

Tão pouco mudou visivelmente quanto ao design. Ou seja, aquém de uma nova e importante opção de cor – sim, o Surface Laptop 2 possui uma variante totalmente preta agora que parece absolutamente linda e é fantástica a arrancar.

No entanto, além da nova opção de cores, o Surface Laptop 2 é essencialmente o mesmo que o seu antecessor, apenas muito mais poderoso. É tão fino e leve quanto antes, a 0,57 polegadas (14,48 mm) e 1,25 kg. Isso significa que o Surface Laptop 2 é tão portátil quanto antes, o que é uma excelente notícia para profissionais e estudantes em movimento.

No entanto, talvez a Microsoft não tenha repetido o suficiente no design. A segunda geração deste laptop ainda não possui o Thunderbolt 3, e muito menos o USB-C 3.1. Ainda possui um único USB 3.0 – sim, nem mesmo a porta USB tradicional suporta o mais recente padrão USB 3.1 – e um Mini DisplayPort.

O chassi do Surface Laptop 2 tem espaço vazio suficiente, portanto não há desculpa para que seja tão leve nas portas. Além disso, as portas que existem não estão de acordo com os padrões de 2019. Em comparação, o MacBook Pro de 13 polegadas possui quatro portas Thunderbolt 3 e o Dell XPS 13 2018 possui duas – em cima de um leitor de cartão microSD e uma terceira porta USB-C 3.1. O senão é que ambos os laptops são menores que o Surface Laptop 2.

Quando a Microsoft lançou o Surface Laptop 2, fez algumas afirmações bastante ousadas em termos de ganhos de desempenho, a saber, que essa sequela é 85% mais poderosa que o original. É um grande salto, o qual a Microsoft atribui à introdução de processadores quad-core Intel em laptops este ano.

Ecrã

A exibição também não mudou desde o modelo original. Não é que estejamos a reclamar, já que o Surface Laptop original tinha uma tela incrível. O Surface Laptop 2 possui pretos com a mesma profundidade e vermelhos com a mesma nitidez. A resposta rápida ao toque também é uma vantagem. Se tem muito trabalho a fazer, vai-se apaixonar pela proporção alta de 3:2, mas precisará de lidar com algumas barras pretas enquanto assiste ao conteúdo tradicional de vídeo em 16:9.

A Microsoft não inclui a caneta Surface Pen, o que é lamentável porque é essencial se quiser tirar o máximo proveito da tela de toque. Apesar do preço escandaloso de cerca de 90€, é sempre uma mais valia para o utilizador.

Teclado

A Microsoft alega ter tornado o teclado do Surface Laptop 2 mais silencioso do que o modelo anterior, e pode-se dizer com segurança que esse deve estar entre os teclados mais silenciosos já concebidos.

Vale a pena elogiar o facto de a Microsoft ter conseguido isso, sem precisar de fazer muita força com os dedos. Dito isto, o espaçamento das teclas pode ser um pouco mais estreito para maior conforto.

Touchpad

Quanto ao touchpad, é um dispositivo fino, espaçoso, suave e responsivo. Os toques são muito mais agradáveis ​​com o seu tecido Alcantara que o cerca, pois é simplesmente algo mais agradável para descansar as mãos do que o alumínio duro e frio.

Desempenho

A Microsoft diz também que deu aos componentes electrónicos uma revisão completa, minimizando a necessidade de os ventiladores de refrigeração serem activados quando o sistema está sob carga, portanto, uma chance reduzida de estrangulamento.

Veja o XPS 13, por exemplo: o modelo Surface Laptop 2 acompanha o laptop Dell durante todos os testes – e o laptop possui um processador Intel Core i7-8550U mais poderoso. Obviamente, o MacBook Pro de 13 polegadas possui um chip Core i7 ainda mais poderoso, por isso consegue superar facilmente o Surface Laptop 2 em alguns testes.

Por fim, está a olhar para um laptop que pode lidar com algumas tarefas de computação de alto nível e multitarefas gerais de maneira confiável. O Surface Laptop 2 é ainda capaz de lidar com a edição de fotos e vídeos com facilidade.

Apenas não espere um desempenho impressionante nos jogos com altos gráficos ou que seja capaz de enviar arquivos de e para este laptop rapidamente, respectivamente.

Duração da bateria

Para o Surface Laptop 2, a Microsoft promete até 14 horas e 30 minutos de reprodução de vídeo local com uma única carga completa – a mesma de antes. Como esperado, dadas as diferenças nos testes, o resultado no teste de bateria do PCMark 8 é muito menor do que isso, com apenas 5 horas e 36 minutos de uso de computação geral simulado.

No entanto, em igualdade de condições, o Surface Laptop 2 supera o Dell XPS 13 por quase 15 minutos, o que é algo impressionante. Embora o Huawei MateBook X Pro ainda consiga vencê-los com 6 horas e 12 minutos.

Para ser justo, o Surface Laptop 2 ainda se consegue manter competitivo em termos de duração da bateria. Por exemplo, este laptop durará muito facilmente durante a maioria dos voos continentais.

Software e recursos

O Surface Laptop 2 não tem muito a oferecer em relação a software e recursos exclusivos, o que pode ser uma faca de dois gumes. No lado positivo, não encontrará nenhum bloatware neste dispositivo, diretamente da Microsoft.

O recurso de reconhecimento facial do Windows Hello, que usa a câmara infravermelha do laptop ao lado da webcam, é incrivelmente rápido e preciso. O laptop captura o rosto de fora do ângulo e a vários metros de distância.

No entanto, era bom ver o Surface Laptop 2 oferecer um leitor de impressões digitais para opções de login mais seguras, por exemplo.

Ainda assim, a Microsoft lançou o Surface Laptop 2 com o Windows 10 Home completo, em vez do S Mode no original, e isso é louvável. Embora agora seja fácil alternar entre o Modo S e o Windows 10, desta vez uma experiência completa do sistema operacional de desktop é uma grande melhoria.

Veredicto

O Surface Laptop 2 é uma sequela digna do dispositivo original. Ele melhora o que já estava lá de uma maneira significativa, com um desempenho ainda mais robusto devido ao hardware mais poderoso interno, juntamente com uma versão completa do Windows 10 pronta para uso.

No entanto, era desejável que a Microsoft tivesse ido ainda mais longe com essa actualização. Mais portas teriam sido excelentes. Mas, se essa é a única coisa que reprime um laptop tão fantástico, não é realmente o pior dos problemas.

Para utilizadores em geral, e talvez profissionais, o Surface Laptop 2 é uma excelente opção. É um laptop tão poderoso quanto os rivais, sem a bagagem adicional em bloatware e outros complementos.

Embora haja sempre espaço para melhorias, o Surface Laptop 2, como se apresenta agora, é a experiência mais pura em laptops Windows até hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here