Análise Star Wars Battlefront: A força, na PS4!

A par do tão aguardado lançamento do filme Star Wars: O despertar da força, testamos hoje o não menos esperado jogo da série, Star Wars Battlefront para a PS4. Descubra mais na nossa análise.

Índice:

História
Multijogador
Jogabilidade, Gráficos e Som
Veredicto: Star Wars BF

História

Se pensam que por não acompanharem a história do Star Wars (filme) que podem ficar arredados do novo lançamento da Electronic Arts, estão enganados. Apesar de gostarmos de todos os efeitos especiais, quer gráficos, quer sonoros da conceituada Saga, o que é certo é que não somos fanáticos ao ponto de termos ido à ante-estreia do filme agora em cartaz.

Não significa porém, que não nos sintamos tentados a jogar o novo Star Wars Battlefront. Quando o recebemos e inserimos o jogo na PS4, somos brindados com um mapa mais limitado com a missão de aniquilar todos os que nos apareçam no caminho, enquanto comandando a personagem de Darth Vader, isto durante a instalação no disco rígido na consola da Sony.

Estranhamente, e ao contrário do que é habitual neste tipo de jogos, não existe um modo História no verdadeiro sentido da palavra. Temos dois modos distintos, o Multiplayer que falaremos mais adiante e o Single Player. Dentro deste último, temos a hipótese de escolher entre Treino, para melhorarmos as nossas habilidades dentro do jogo, Batalhas, em que jogamos um para um sendo contra a inteligência artificial ou um amigo, e o modo que mais nos surpreendeu e que está a fazer furor, o Sobrevivência.

Neste último modo, somos brindados com várias vagas de inimigos, sozinhos em cooperação com um amigo num dos 13 mapas, tendo como missão sobreviver ao maior número possível de vagas.

Para nos ambientarmos ao jogo, quando temos a instalação completa, é lançado um pequeno teste para a utilização de duas armas diferentes, uma granada e ainda o teste para vermos se gostamos mais de jogar na terceira ou na primeira pessoa.

Segue um pequeno vídeo com o que podem esperar deste modo:

Mutijogador

O modo multijogador é o ponto forte do Star Wars Battlefront. Conta com 10 modos distintos de jogo, entre eles: Drop Zone, em que temos de capturar os Pods em quantidade superior ao nosso inimigo para pontuar, Hero Hunt, em que somos o herói contra vários jogadores que são o inimigo, Fighter Squadron, em que entramos numa StarFighter e tentamos conquistar os céus, Supremacy, em que tentamos expulsar o inimigo do planeta em que estamos, Walker Assault, em que jogamos a atacar e a defender com Imperial Walkers à mistura,  Blast, em que o objetivo é simplesmente abater o maior numero de inimigos, Cargo, como o nome indica defender a nossa carga atacando em simultâneo a do inimigo, Droid Ruin, captura de 3 droids em movimento é o objetivo, Heroes VS Villains, várias rondas de equipas mistas de heróis e vilões, e finalmente Turning Point, este último é um extra de jogo que tem que ser instalado posteriormente.

Todos os modos despertam sempre curiosidade, mas temos de ser sinceros neste ponto. Pode ser apontado como um ponto negativo termos 11 modos diferentes. Pessoalmente gostamos bastante do modo Walker Assault e Drop Zone. Os modos poderiam ter sido reduzidos para evitar que num futuro próximo, as playlists de cada um deles não estejam tão dispersas. Em jogos como COD em que existe uma enormidade de modos, mais cedo ou mais tarde, apenas 2 a três modos estão com as listas completas, o que faz com que nas restantes se fique muito tempo à espera para poder jogar.

Jogando os modos propriamente ditos, não existe praticamente nada a apontar. Os mapas com alguns esconderijos são propensos a jogadores que gostam de “acampar”. Não é um defeito, consideramos uma estratégia de jogo porém há um senão. Os Respawns (locais onde renascemos após morrermos) são bastante limitados o que faz com que os tais estrategas de acampar se fixem num ponto e esperem que alguém nasça para poderem eliminar os inimigos com facilidade. Um pouco irritante, mas nada que não se resolva com alguma astúcia.

Falando dos mapas propriamente ditos deste modo, são 13 e estão concebidos de uma forma soberba. Todos os detalhes do terreno e imaginação dos criadores, fazem valer cada cêntimo do jogo. Para quem é fã da saga ou se apenas agora entrou no mundo Star Wars.

Segue um pequeno vídeo do modo MP:

Jogabilidade, Gráficos e Som

Muito foi feito pela Dice e pela Electronic Arts em termos de jogabilidade neste jogo. Podemos arriscar a dizer, como grandes fãs da série COD, que a mecânica de jogo é em tudo idêntica. Para quem joga este tipo de jogos, o modo de jogo na primeira pessoa é fantástico e a habituação aos comandos de ação e movimento não carece de nenhum tempo extra para nos habituarmos. Já na terceira pessoa, que não deixa de ser interessante pois podemos ver as míticas personagens da série, o tempo de habituação é um pouco maior, mas o gozo final é semelhante.

Há muito que os jogadores de PS4 pediam que fossem feitos jogos que tirassem todo o partido do potencial da consola da Sony. Segundo os programadores, ainda há muito para dar em termos gráficos, mas o que foi feito neste jogo é soberbo. Todos os mapas, sem exceção, tem qualidade gráfica superior. A distância de desenho é enorme, deixando ver o mundo que nos rodeia sem pixelização, queda de frames ou o chamado “blur”.

Os detalhes das personagens, explosões, disparos das armas laser ou a movimentação do sabre de luz deixam-nos boquiabertos, fazendo por vezes parecer que estamos dentro de um filme que somos o realizador.

Em termos de som, podemos esperar o já habitual DTS 5.1 da PS4 em que caso tenha este sistema instalado em casa, a experiência de jogo assume um nível acima. As naves por cima de nós no campo de batalha, os disparos lazer que nos passam a centímetros, tudo é perfeito neste sistema de som, que nos transporta para a ação, complementando os gráficos soberbos. Apenas a apontar a música que por vezes acompanha algumas ações que podia ser melhor. No nosso caso, optámos por desativar as musicas de fundo e ficar apenas com os efeitos sonoros para conferir maior realismo ao jogo.

Veredicto: Star Wars BF

Apesar dos vários modos de jogo disponíveis, o modo Multijogador (dois ou três modos) é realmente a melhor parte deste Battlefront. Contando com 13 mapas fantásticos, gráficos à altura do que melhor se faz na consola de nova geração da Sony, este é um titulo obrigatório para este Natal. Não apenas para os fãs da saga Star Wars mas para todos os que gostam de FPS, que é o nosso caso.

Pontos a favor:

  • Gráficos soberbos e imaculados
  • Efeitos sonoros à altura da saga
  • Multiplayer (do melhor que há)

Pontos contra:

  • Muitos modos no Multiplayer
  • Sem Modo “história”

Aproveitamos para agradecer à Electronic Arts a cedência da unidade para testes e lembramos que o mesmo pode ser adquirido nas lojas habituais pelo valor de 69,99€.

Segue a habitual galeria de imagens:

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here