Análise Sony Xperia Z5: Outra vez no Topo

Xperia Z5 (18)

Mais uma geração de Xperia e mais uma vez a Sony a brilhar. Descubra o porquê deste Sony Xperia Z5 ser o melhor.

Índice
Características e acessórios
Design e ecrã
Desempenho
Veredicto: Sony Xperia Z5

Características e acessórios

Com lançamento no final do ano passado, o Xperia Z5 saiu em 3 versões distintas. O já conhecido compact, a versão Premium e a “Standard” que testamos hoje. Nesta edição contamos com um processador de 8 núcleos baseado no sistema de 64 Bits, o SnapDragon 810, 32GB de memória Interna e 3GB de memória RAM.

O ecrã manteve-se Full HD e apresenta uma densidade de pixels de 428 pontos por polegada. A câmara subiu a fasquia para os 23MP de resolução e f2.0 de abertura. A bateria de 2900mAh com carregamento rápido disponível, ainda não conta com a possibilidade de carregamento sem fios.

Segue uma tabela que resume as características do Xperia Z5: 

xperia Z5 caract

Design e ecrã

Xperia Z5 (10)

O Design no Xperia Z5 melhorou bastante. Começando pela porta USB que agora não se encontra escondida por trás de uma gaveta. Ainda assim continua a ser resistente à água, conseguindo a certificação IP68. Só a gaveta do cartão SIM parece não ter melhorado. É de acesso difícil, mas nesta edição temos na mesma bandeja o cartão SIM e o Micro SD. Reduz o tamanho da porta em questão, porém cada vez que quisermos retirar o MicroSD por qualquer motivo, iremos ter de recolher também o SIM.

Xperia Z5 (15)

As linhas são cada vez mais arredondadas e o material utilizado continua a ser de proveniência nobre. O vidro e o alumínio prevalecem, o que confere ao Z5 um toque de classe. Como ponto negativo de tais materiais, voltamos a salientar, à semelhança de versões anteriores, o aquecimento excessivo provocado pela boa condução térmica do vidro e o facto de se tornar bastante escorregadio quando na ausência de uma capa.

Xperia Z5 (6)

O botão de ligar continua no mesmo sítio, mas nesta edição traz uma novidade. Tem incorporado um sensor de impressões digitais, que pode ser um dos melhores do mercado. Não apenas por fazer sentido a sua localização, uma vez que quando ligamos o telefone este nos reconhece de imediato, mas devido à rapidez com que o faz. São poucas as vezes que o sensor apresenta erros na leitura.

O ecrã de 5.2″ Full HD está bem melhor que os seus antecessores, mas achamos que em termos de contraste e luminosidade ainda fica longe dos seus concorrentes mais diretos. Ocupa cerca de 70% do valor total do dispositivo, o que o torna relativamente pequeno para a dimensão de área útil.

Desempenho

Xperia Z5 (2)

Vamos começar pela bateria. A série Xperia cumpre as promessas em termos de autonomia. Os dois dias prometidos com uma bateria de 2900mAh são cumpridos, com ou sem ajuda do modo Stamina. Já utilizamos durante bastante tempo terminais desta série da Sony, e a gestão da bateria é verdadeiramente excecional. Acima da média se considerarmos que há dispositivos no mercado com maior capacidade, mas menor autonomia. O carregamento rápido também está disponível, dando bateria para um dia com apenas 45 min de carga.

Passando para os testes propriamente ditos, usámos como já é habito três dos mais conhecidos e utilizados programas para medir o poder de processamento dos dispositivos moveis. O AnTuTu, o GeekBench 3 e o 3D Mark. Utilizámos como comparação direta o Galaxy S6 e o novíssimo A5, também ele da Samsung.

teste xperia z5

Surpreendeu-nos um pouco o teste do AnTuTu, porque se nos outros dois testes a diferença não é expressiva, estando bastante próximo do S6 no 3D Mark, neste fica muito abaixo. É certo que em termos de desempenho efetivo não se nota em nada, mas obteve de facto uma pontuação anormal para um terminal topo de gama.

Xperia Z5 (16)

Uma das coisas que gostamos na série Xperia é a gestão da memória RAM, otimizando o seu sistema operativo não sobrecarregando muito o Android. Se na concorrência em 3GB de RAM, ao iniciar o sistema ficamos com apenas 800MB disponíveis, desde o Xperia Z2 com a mesma capacidade, que no arranque temos quase 1,5GB para utilizar.

Na utilização quotidiana que é o que interessa à grande maioria dos utilizadores, o desempenho do Z5 não tem mácula. Somos brindados com a melhor experiência que a versão Lollipop do Android tem para oferecer. Algo que deve interessar a quem pensa em comprar este Xperia, a Sony tem tido bastante consideração com os seus clientes, uma vez que tem mantido atualizados dispositivos mais antigos, mesmo depois de terem saído várias séries seguintes. Pode e vai fazer a diferença certamente na altura de escolher.

Seguem alguns dos testes de desempenho do Xperia Z5:

A câmara

Xperia Z5 (12)

A câmara sofreu bastantes melhorias. Conta neste momento com 23MP com uma abertura de f 2.0 e o equivalente a uma distância focal de 24mm. Mas mais MP não querem necessariamente dizer melhor qualidade. Se em cenários com muita luz as fotos são ricas nos tons e os brancos equilibrados, já em cenários com iluminação deficiente não é bem assim. Em fotos de noite por exemplo, nem a abertura de f2.0 livra o resultado final de ter grão e apresentar o resultado de uma mão tremida.

Quando as condições são favoráveis temos uma das melhores câmaras do mercado. Desde o arranque super-rápido, à focagem em apenas 0.03s segundo a Sony (não medimos, mas podemos dizer que é realmente rápido), a sensação de termos uma máquina fotográfica nas mãos é real. A reforçar, a Sony manteve o botão físico dedicado ao disparo o que o faz ganhar vantagem à concorrência.

Seguem algumas fotos tiradas com o Xperia Z5:

Veredicto: Sony Xperia Z5

A Sony voltou a inovar com a série Xperia. Acompanhando o mercado, inclui e bem, um sensor de impressões digitais, estrategicamente localizado na zona do botão “ligar”. O Design está bastante melhorado, contando agora com a porta USB sem necessidade estar protegida, mantendo as características de impermeabilidade do telefone intactas. Seria um telefone perfeito se não fossem alguns calcanhares de Aquiles que pertencem às gerações anteriores. A câmara não tem um desempenho ideal em cenários menos iluminados, aquece bastante quando puxado ao limite e continua indisponível o carregamento sem fios do telefone.

Pontos a favor:

  • Design melhorado
  • Sensor biométrico
  • Desempenho

Pontos contra:

  • Câmara em cenários com pouca luz
  • Carregamento sem fios indisponível
  • Continua a aquecer em demasia

Aproveitamos para agradecer à Sony a cedência do Xperia Z5 para análise. Podem encontrar a versão desbloqueada à venda em Portugal nas lojas habituais por 749€.

Segue a habitual galeria de imagens:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here