Análise LG Maximo G: um máximo para o entretenimento

Red Magic 6S

LG Optimus GA LG tem apostado forte e o LG Maximo G pretende ser uma aposta nova na gama alta. Será este uma boa entrada para o sucesso? Leia a análise.

A luta nos dispositivos de topo está ao rubro. A LG não quis faltar e aposta alto no novo LG Optimus G, que em Portugal, por razões já conhecidas se chama de Maximo G. É verdade que a LG já anunciou um sucessor, o LG G2, no entanto este dispositivo significa uma mudança da LG na gama alta.

Um Design que faz lembrar um iPhone de grandes dimensões, um poder de processamento que o coloca entre os mais poderosos telefones do mercado e funcionalidades que o distinguem dos demais. Nesta análise iremos abordar cada aspecto positivo e negativo deste novo terminal e compara-lo com os “primos” do mesmo segmento.

Características e acessórios

  • CPU: Quad-core 1.5 GHz Krait
  • GPU: Adreno 320
  • RAM: 2GB
  • CAPACIDADE: 32GB
  • Tipo: True HD-IPS + LCD capacitivo, 16 bit de côr
  • Resolução: 768 x 1280 (densidade de 318ppi)
  • Dimensão: 4,7”
  • Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, dual-band, Wi-Fi Direct, DLNA, Wi-Fi hotspot
  • Bluetooth v4.0 com A2DP
  • NFC
  • USB 2.0 com MHL (microUSB)
  • 4G através de HSDPA 50Mbps upload e 100Mbps Download
  • 13MP com autofócus
  • Led Flash
  • Camara frontal de 1,3MP
  • Video em Full HD com 30fps
  • Geo-posicionamento, detecção de rosto, estabilizador de imagem e HDR
  • Android 4.1.2 (à data da edição estaria disponível a um dois dias uma versão mais recente)
  • Tamanho: 131.9 x 68.9 x 8.5 mm
  • Peso: 145 g

LG Optimus G (1)Destaque para um design plano em que a parte frontal com o ecrã e luzes desligadas é completamente liso, sem divisões traços nem botões. Destaque para a câmara que consegue tirar partido dos 13MP e para a qualidade do painel True HD IPS que de resto é dos melhores ecrãs que já tive contacto, tanto em termos de sensibilidade touch como em brilho e definição. Como acessórios a LG optou por não inovar muito, contendo o pacote o que já estamos habituados a ver num smartphone: auscultadores, carregador de parede com cabo usb amovível que acumula a função de carregar e de conexão a um pc.

Design e funcionalidades

LG Optimus G (3)O destaque para este equipamento segue para o Design. Com o que a LG chama de Crystal Design, podemos, de diferentes ângulos de visão passar de uma superfície plana de cor negra para um luxuoso painel traseiro de pontos luminosos que nos lembram cristal. A parte frontal afirma-se de uma linearidade que impressiona. Não conseguimos distinguir o ecrã num vasto e plano ecrã. Apenas quando se liga o ecrã ou as teclas bright touch é que nos lembramos que sim, não é tudo ecrã. De resto, penso que as dimensões e peso são os adequados para este tipo de aparelho, nem exagerado nem a nos fazer pensar que poderia ser maior.

Poucos são os terminais em que o que nos surpreende é o ecrã. Foi o caso no Maximo G. Fiquei absolutamente arrebatado com o mega contraste, as cores vivas e a extrema nitidez de leitura de informação mesmo em condições adversas de iluminação exterior intensa. A visualização de vídeos faz-nos lembrar os famosos ecrãs de LED da marca mas num tamanho “pocket”, todos os detalhes são conservados. Em suma, do melhor que já vi.

LG Optimus G (6)À semelhança de alguns modelos da mesma gama foi incluída uma luz indicadora que nos diz, sem desbloquearmos o ecrã, se temos ou não notificações pendentes. Podem ser configuradas as aplicações que projetam essa informação tendo cada uma, uma cor diferente. O Messenger pode ficar a verde, o Facebook e mensagens a azul. Tendo como experiência o S3, posso dizer que esta simples tecnologia faz-nos expandir o tempo de utilização da bateria uma vez que passaremos menos tempo a ligar e desligar o ecrã à espera que chegue aquela mensagem ou chamada.

Algumas funções foram testadas e confirmo, são realmente úteis.

O Q Slide por exemplo, à semelhança do multi-tasking no S3, temos a capacidade de ao mesmo tempo, ter duas aplicações a correr simultaneamente no mesmo ecrã. A diferença esta no modo como são apresentadas. Ao invés de fazer uma divisão de ecrã, esta função permite sobrepor as duas e ajustar a percentagem de desvanecimento de uma em relação à outra. Podemos ver um filme e sobrepor o Messenger do Facebook em primeiro plano com um desvanecimento de 20%, facto que nos vai possibilitar ver o filme e mandar msg, tudo isto sem perder o desempenho deste terminal.

LG Optimus G (15)

O Quick Memo: é algo que os utilizadores já reclamavam à algum tempo, introduzido no NOTE, e melhorado nesta aplicação incluída e integrada neste SO. Em qualquer foto, ou ficheiro que tenhamos, podemos escrever e editar o mesmo e posteriormente enviar ou partilhar com alguém nas redes sociais com elevada facilidade.

O Dual Screen foi algo que me surpreendeu. Através da comunicação com uma televisão LG com DLNA podemos projectar o que vemos no pequeno ecrã aumentado a 42” ou mais ainda! Mas melhor que projectar o que vemos é com o Multi tasking podermos ver algo na TV e continuar a trabalhar com o telefone. As fotos das férias no grande ecrã e ao mesmo tempo estar a enviar aquele e-mail que não pode esperar.

O NFC que já temos experienciado não traz nada de novo mas é cada vez mais uma ferramenta de troca de informação a alta velocidade e imprescindível nos telefones de hoje em dia.

Interface e desempenho

Com o Android Jelly Bean, temos aqui um dispositivo a ter em consideração em termos de equipamento de gama superior. O processador surpreendeu, apesar de nos testes propriamente ditos os números serem abaixo do esperado, penso que não refletem a sensação que temos quando estamos em contacto com este LG.

Optimus G SS (1)A memória interna é mais do que suficiente para o comum dos utilizadores mas para os mais exigentes irá haver um entrave. A expansão microSD não foi incluída neste modelo e limita desde já a criatividade dos donos do Maximo G. A nova tecnologia de ecrã revela as melhorias que tem sido feitas ao longo dos anos neste domínio. Com uma sensibilidade extrema ao mínimo toque temos a resposta no sítio exato da forma que idealizamos.

Outro senão que encontramos e que esta a ser cada vez mais comum no seio dos gigantes das comunicações é o facto de a bateria não ser amovível. Uma viagem maior ou uma bateria viciada serão uma dor de cabeça uma vez que o mais lógico será levar o terminal ao representante e os valores não são nada convidativos em relação ao preço de uma simples bateria.

Os controlos que encontramos são os comuns, três botões físicos, volume mais e menos e botão de bloqueio / desbloqueio. Ao desbloquear mais três táteis ficam à nossa disposição. O Home, back e definição. Faria falta um dedicado à câmara.

Em relação ao desempenho como já referi, apesar dos testes não terem dado essa noção, é realmente um dispositivo de alta capacidade de processamento. Em momento algum senti engasgues nem mesmo em multi tasking! A velocidade que somos presenteados ao início de uma nova aplicação deixa-nos sem fôlego e é com entusiasmo que testamos cada uma das muitas apps da Play Store.

Optimus G SS (2)A bateria foi algo também que me deixou rendido. Com uma utilização normal e com o tráfego de dados sempre ativo consegui ter uma média de 3 dias de operação, valor que aumenta caso desliguemos por completo as comunicações do telefone para quase 5 dias apenas efetuando chamadas e enviando mensagens.

Seguem as tabelas de teste e comparativos com telefones da mesma gama e inferiores:  ( o screenshot que temos do AnTuTu para este modelo foi de um teste singular, a barra aqui apresentada refere-se ao teste exaustivo, tal como os outros terminais.)

Teste Optimus G

Como podemos ver surpreendeu no Vellamo ficando à frente do S4 mas no AnTuTu ficou bem aquém aproximando-se mais do Xperia Z. Penso que, e dou ênfase mais uma vez à experiência de utilização deste equipamento, não reflete o seu potencial.

Câmara e multimédia

Em termos de câmara penso que não há muito a dizer. Esperava, como entusiasta da fotografia ver o resultado da inclusão de uma câmara de 13MP mas foi mais da mesmo, tendo sido um pouco pior que a câmara do S3 em situações de pouca luminosidade.

LG Optimus G Fotos (11)

LG Optimus G Fotos (12)

LG Optimus G Fotos (6)

Em situações em que não temos que utilizar um ISO (controlado internamente) mais elevado a câmara cumpre bem a sua função, produzindo fotos nítidas e brilhantes bem como vídeos em FULL HD de uma qualidade bastante boa. A tradicional câmara para chamadas 3G está presente e tem os já comuns 1,3MP, que para o efeito são suficientes.

httpv://youtu.be/1lFBm06ZGSY

Em termos de reprodução multimédia tenho que tirar mais uma vez o chapéu ao Maximo G. Dá gosto ver um filme neste terminal, a qualidade com que somos envolvidos não deixa ninguém indiferente. As colunas incorporadas apesar de não ser o melhor que já vi, cumprem a sua função.

Veredicto: LG Maximo G

A LG surpreendeu com este novo Maximo G, apesar de achar que o lançamento deste e do G2 ser demasiado próximo, o mercado assim o impôs. Quem já o tiver pode-se considerar um sortudo pois dentro desta gama é do melhor que já vi, quem poder comprar ( e dinheiro) para ter o G2, será um caso a pensar. Os pontos negativos são mínimos e são mais as vantagens que nos fazem recomendar este telefone aos entusiastas do entretenimento.

Prós

  • Desempenho, Processador, Memória
  • Design inovador

Contras

  • Bateria interna
  • Sem expansão de memória.

Fique com a nossa galeria de imagens.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here