Análise Leagoo Shark 1: smartphone barato que dura, e dura e dura

Leagoo Shark 1 (1)

São várias as marcas chinesas que se tem lançado no segmento dos smartphones, na sua maioria com preços baixos e especificações atraentes, sendo que outros se destacam com outras coisas. Este alia boas especificações a uma bateria ENORME.

Características e acessórios
Unboxing Leagoo Shark 1
Design e ecrã
Desempenho
Câmara
Veredito: Leagoo Shark 1

O Leagoo Shark 1 foi-nos cedido pela loja Antelife, uma loja online chinesa, mas que tem dois armazéns europeus, um em França e outro em “Nuestros Hermanos”, o que permite que as encomendas cheguem a Portugal entre 24h e as 72h após a compra, se estiverem em stock. Assim, a Antelife enviou-nos este Leagoo Shark 1 que custa 186,29€ no armazém europeu, com envio totalmente grátis.

A Leagoo iniciou-se em 2014 e com menos de dois anos de presença já tem vários equipamentos de boa qualidade a bom preço, sendo este Shark 1 um excelente exemplo. Com uma tecnologia de ecrã com curvatura 2.5D, bastante comum nas grandes marcas e nos topos de gama, sensor de impressões digitais, tem também 3GB de RAM e uma bateria enorme de 6300 mAh.

Mas para percebermos a sua qualidade, nada melhor do que ler a análise completa ao produto.

Características e acessórios

  • Leagoo Shark 1 (39)Dimensões: 158,6 x 82,8 x 8,5 mm
  • Peso: 240 g
  • Sistema Operativo: Leagoo OS 1.2 baseado no Android 5.1 Lollipop
  • Ecrã: 6″
  • Resolução: FullHD (1080x1920p), 368 ppi
  • Câmara traseira: Sony 13 MP, Dual LED Flash, f2.0
  • Câmara frontal: 5 MP
  • Processador: MediaTek MTK6753 octa-core a 1,3GHz
  • GPU: Mali-T720
  • Memória RAM: 3 GB
  • Armazenamento: 16GB
  • MicroSD: até 64GB
  • Wifi: Wi-Fi 802.11 b/g/n
  • GPS: A-GPS, GLONASS, Galileo & BeiDou
  • Sensor de impressões digitais
  • Infravermelhos
  • Bluetooth 4.0
  • 4G
  • Ligações: jack 3.5mm
  • Dual SIM: Sim
  • Bateria: 6300 mAh

O que chama logo à atenção é a ENORME Bateria de 6300 mAh que promete uma utilização superior ao que encontramos na maioria dos smartphones. Além disso, também tem um ecrã com resolução Full HD, 3GB de RAM e um sensor de impressões digitais, o que já começa a surgir em equipamentos mais baratos.

Leagoo Shark 1 (40)Uma surpresa é um sensor de infravermelhos, que permite tornar o seu smartphone num comando universal e que só que tem um equipamento com esta funcionalidade sabe o jeito que dá. Um ponto negativo é o peso, já que 270g num smartphone é um número bem alto, mas também não podemos querer tudo e se prefere ter uma duração de bateria superior à concorrência, já sabe que há consequências.

Felizmente, a Leagoo não poupou nos acessórios e disponibiliza um carregador de parede com a carregamento rápido de 3A, uns auriculares da marca e um cabo USB-microUSB.

Unboxing Leagoo Shark 1

Design e ecrã

Leagoo Shark 1 (32)Em termos de design não nos surpreende, já que é um smartphone com alguns pormenores metálicos, nomeadamente no aro à volta do ecrã e nos botões, mas de resto é plástico. Com um ecrã deste tamanho, entra no segmento dos phablets, logo é vocacionado para amantes de ecrãs grandes e que não se importem de andar com um equipamento bem volumoso no bolso/mala. Apesar disso tem uma traseira arredonda nas laterais, bem como um ecrã com uma curvatura nas laterais de 2.5D, o que permite uma boa ergonomia que é muito importante neste equipamento.

Como é um equipamento volumoso, acompanhado de uma grande bateria, assim que pegamos no equipamento verificamos que é pesado. Muito pesado. Apesar de ser um ponto negativo deste equipamento, não pode esperar ter uma bateria deste tamanho e um peso “pluma” como os equipamentos a que está habituado.

Leagoo Shark 1 (23)Ainda no design, mas já a falarmos no ecrã, verificamos que a Leagoo fez um bom trabalho no aproveitamento das margens e verificamos que é um smartphone que tem um maior aproveitamento de ecrã na parte frontal, o que permite dimensões aceitáveis. Como também não tem botões físicos, ainda conseguiu aproveitar melhor.

É nesta altura que vamos para o ecrã e ficamos contentes. É que a Leagoo utiliza um ecrã LTPS fabricado pela LG com uma resolução Full HD e uma densidade por pixel de 368, mas que não desilude em nada e irá oferecer boa visualização de vídeos e jogos.

Numa utilização com muita luminosidade, continuamos a conseguir usufruir do equipamento sem qualquer problema. Quando recebi o equipamento pensei que ao tirar a película com as especificações principais do equipamento, ficaríamos com o ecrã sem qualquer proteção, mas felizmente que a Leagoo inclui uma película protetora no seu equipamento, o que é uma proteção adicional contra riscos.

Mas mesmo sem essa película, o ecrã tem proteção da Corning Gorilla Glass de 3ª geração, portanto a proteção de ecrã é garantida.

Desempenho

Um processador octa-core, 64-bits a 1,3GHz juntamente com 3GB de RAM, temos um desempenho bastante bom, como podemos ver nos testes de desempenho. Não o podemos comparar com os topos de gama, mas durante a utilização que fizemos do equipamento não verificamos qualquer lag ou arrasto, tanto na transição entre aplicações e ecrãs, como durante jogos.

Em termos de software, a Leagoo usa uma interface própria, que já vai na versão 1.2, que é baseada no Android 5.1. em termos de design do software, lembra-nos alguns temas da chinesa Huawei. Aliás, até um menu de Temas está disponível, o que permite alterar o design do seu equipamento, tal e qual o seu concorrente chinês. Também contamos com algumas alterações de design a aplicações que não estamos habituados, como o Chrome ou o Gmail, mas o design que vem logo pré-instalado é bastante apelativo.

No entanto, como vem com um software próprio, apesar de colocarmos o equipamento em português, temos muitas opções no smartphone em inglês. Estas funcionalidades são funcionalidades próprias e que não tiveram tradução da fabricante para português, logo apenas o que está relacionado com o Android puro está em português. É um ponto negativo, mas também é verdade que os portugueses estão cada vez mais habituados à língua inglesa, nomeadamente os amantes de tecnologia. De referir ainda que temos funcionalidades interessantes como gestos e a possibilidade de capas inteligentes, apesar de a própria Leagoo ainda não ter anunciado qualquer opção nessa área para o Leagoo Shark 1.

Leagoo Shark 1 (36)Há a destacar o sensor de impressões digitais, mas não pelos melhores motivos. Também é verdade que como utilizo o Huawei P9 e já utilizo o sensor de impressões digitais da Huawei desde o seu lançamento, estou mal habituado e tenho os parâmetros bastante elevados, o que faz com que olhe para o desempenho deste sensor de impressões digitais sem muito entusiasmo.

Tem algumas falhas, diria que certeiro em 80% das vezes e que se encontra ao nível do ZTE Axon mini e ao sensor do Galaxy S5. Como está claro, longe dos excelentes sensores que a Huawei e a Apple oferecem, mas pelo menos temos a mesma funcionalidade da Huawei, permite colocar o dedo e desbloquear o equipamento, ao contrário dos grandes concorrentes.

Leagoo Shark 1 SS (8)Há uma outra funcionalidade que adoro e que é raro nos smartphones, seja em que gama for, um infravermelhos. Só quem nunca teve um smartphone com este sensor e o tenha configurado, não percebe o jeito que dá ter um comando universal sempre à mão. Uma excelente funcionalidade deste equipamento, que acaba por compensar a falta do NFC, uma funcionalidade que também ainda não é de grande utilização no mercado nacional.

Em termos de som temos uma qualidade razoável, no entanto não sou grande adepto de ter as colunas na parte de trás do equipamento, já que o som é projetado para o outro lado de onde estamos.

Claro que não poderíamos deixar de falar sobre a bateria, um dos grandes destaques deste equipamento. Certamente que a maioria das pessoas interessadas no Leagoo Shark 1 quer ter uma duração de bateria superior aos outros smartphones e será que o resultado corresponde? Claro que SIM.

Leagoo Shark 1 (26)Experimentei o smartphone por mais de uma semana e o resultado foi bem superior à maioria dos telemóveis que já utilizei. Numa utilização normal consegui quase quatro dias antes de ficar com a bateria quase a zero. INCRÍVEL. Depois utilizei-o de uma forma mais agressiva e, mesmo assim, consegui dois dias de bateria, o que na maioria dos smartphones apenas se consegue num dia (se conseguir).

Não há dúvida que esta bateria de 6300 mAh permite uma duração superior à concorrência, mas claro que tem de contar que também é um equipamento pesado devido a isso mesmo. tenho de referir que, graças à tecnologia de carregamento rápido, carregar esta bateria toda será conseguido em 3 horas, sendo que com apenas uma hora de carregamento conseguirá uma duração de um dia inteiro, segundo as indicações da marca.

Câmara

Mesmo na área da câmara, a Leagoo não deixou de fazer uma boa aposta e colocou um sensor da Sony, de 12MP com abertura f2.0 e ainda é acompanha de um flash LED duplo. Como seria de esperar nesta gama de preços, as fotografias captadas são razoáveis, sem serem excelentes, mas suficientes para a maioria dos utilizadores.

Leagoo Shark 1 Fotos (7) Leagoo Shark 1 Fotos (2)

Experimentámos em várias situações e é quando há menos luminosidades que será mais difícil de captar as fotografias como gostaríamos. Também gostei foi de ter uma opção de software que nos permite escolher algumas funções de forma manual, como o ISO, o brilho e o contraste.

Em relação à câmara frontal de 5MP temos uma câmara decente para vídeo chamadas e selfies em boas condições de luminosidade, sendo que em termos de vídeos também pode contar com uma boa qualidade.

Veredito: Leagoo Shark 1

Leagoo Shark 1 (29)O Leagoo Shark 1 é um excelente telefone que demonstra como as fabricantes chinesas têm evoluído e demonstrado alguma inovação, que só estamos habituados a vrer em grandes fabricantes mundiais e em topos de gama.

Não há dúvidas que este smartphone será mais interessante em quem quer ter um equipamento que dure mais do que o habitual, com um ecrã de 6 polegadas e um preço acessível, já que o peso é elevado, bem como é um smartphone volumoso, entrando na categoria de phablet e que muitos ainda es~tao reticentes.

A favor está, claramente, o preço, já que pode adquiri este equipamento por 186,29€ a partir do armazém europeu, logo fora do alcance da alfândega e de custos surpresa, tornando-se num equipamento muito interessante e que chegará a sua casa em pouco tempo.

Pontos a Favor:

  • Preço
  • Funcionalidades variadas como o Infravermelhos
  • Uma ENORME BATERIA de 6300 mAh

Pontos Contra:

  • Peso, apesar de ser uma consequência agradável de ter uma bateria de 6300 mAh
  • Volumoso e grande

Queremos agradecer à Antelife por nos ter disponibilizado o Leagoo Shark 1 e pode comprar no armazém europeu por 186,29€, com envio totalmente grátis

Segue-se a nossa galeria de imagens:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here