Análise Huawei Mate 20 Lite: a gama média ganhou um concorrente de peso

15 de Setembro de 2018
9 Partilhas 564 Visualizações
1 Comentários

A Huawei está a apostar forte nos smartphones e o resultado disso mesmo é que já chegou, pela primeira vez, ao primeiro lugar do mercado nacional. Apesar de a margem ser mínima, a fabricante chinesa tem demonstrado que sabe fazer bem smartphone e os consumidores acabaram por retribuir.

Apesar de a gama Mate 20 só vir a ser conhecida na sua totalidade no próximo dia 17 de outubro, a fabricante já apresentou mundialmente o Mate 20 Lite e é já no próximo dia 13 de setembro que o smartphone chega ao mercado e com um excelente oferta para quem o adquirir durante a pré-reserva, uns auriculares no valor de 70€, com cancelamento de ruído.

Especificações e acessórios

  • Dimensões: 158.3 x 75.3 x 7.6 mm
  • Peso: 172 g
  • Sistema Operativo: EMUI 8.1 baseado no Android 8.1 Oreo
  • Ecrã: 6,3 Polegadas (2340×1080)
  • Câmaras Traseiras: 20 MP, f/1.8, PDAF; 2 MP depth sensor
  • Câmara frontal: 24 MP; 2MP depth sensor
  • Flash: LED Flash
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB;
  • Processador: Kirin 710 octa-core (4×2.2 GHz Cortex-A73 & 4×1.7 GHz Cortex-A53) com GOU Mali-G51 MP4
  • Dual Sim LTE 4G
  • Bateria:  3750 mAh

Em termos de acessórios, temos pena de não contarmos com uma capa incluída. Neste caso, temos a tomada de parede, o cabo USB para USB-C e uns auriculares. No caso de adquirir o smartphone durante a pré-reserva, tem a oportunidade de receber uns auriculares com cancelamento de ruído da Huawei, no valor de 70€.

Design e Ecrã

Já há algum tempo que a Huawei nos tem vindo a habituar a produtos de grande qualidade e o Huawei Mate 20 Lite não é diferente. Com acabamentos em vidro o smartphone demonstra ser de qualidade premium.

 

O equipamento tem um excelente toque e, de forma algo surpreendente, parece ser menos “íman” às dedadas do que grande parte dos equipamentos com acabamentos em vidro que testámos.

Encontramos o sensor de impressões digitais na traseira, por baixos das duas câmaras, mas voltamos a encontrar a saliência que se tem visto nos equipamentos recentes, o que, para mim, continua a ser o ponto negativo. Volto a dizer: é verdade que com estes equipamentos é praticamente obrigatório o uso de capa, mas mesmo assim a saliência está lá.

O equipamento já conta com USB-C e também conta com o compartimento para os auriculares, o jack 3,5mm que é cada vez mais raro nos smartphones. O ecrã também é de grande qualidade e segue a tendência do “notch”, como temos visto em grande parte dos equipamentos.

No Huawei Mate 20 Lite já vemos que há um grande aproveitamento da área frontal para o ecrã, sendo que o notch ainda ocupa um grande espaço, muito por culpa da introdução de duas câmaras frontais, que é verdade que melhoram a qualidade fotográfica deste equipamento, mas não deixa de ocupar mas espaço.

Como seria de esperar, o ecrã tem excelentes cores e demonstra uma excelente visualização quando confrontada com a luz solar de forma excessiva, permitindo bons ângulos de visualização.

Desempenho

Não seria de esperar termos um processador topo de gama num equipamento de gama média, mas o Kirin 710 é um processador que garante cumprir com os objetivos a que se propõe. Com um quad-core Cortez A73 a 2,2GHz e outro quad-core Cortez A53 a 1,7Ghz, é um octa-core com garantia de qualidade de desempenho.

Acompanhado de 4GB de RAM, sabemos que teremos deste equipamento a garantia de um desempenho de grande nível. Conseguimos fazer boas transições entre aplicações sem qualquer problema e jogar Asphalt correu lindamente, sem percebermos qualquer diferença entre o Huawei Mate 20 Lite ou outro smartphone topo de gama.

Infelizmente, o Huawie Mate 20 Lite ainda não conta com a mais recente versão do Android, o Android 9.0 Pie, que conta-se que será apresentado pela Huawei no smartphone topo de gama. Neste caso, esperamos que a atualização não demore muito a acontecer.

Nesta versão do EMUI já contamos com todas as funcionalidades que a Huawei nos tem oferecido nos smartphones topo de gama, como é o caso do desbloqueio do equipamento através da leitura facial, que também neste equipamento funciona de uma forma excelente.

No Huawei Mate 20 Lite também está incluído o Modo Party, que é a possibilidade de reproduzir música por vários smartphone na mesma rede wifi, oferecendo um efeito surround.

Ainda nesta área de desempenho, o grande destaque é a inteligência artificial, que também está presente no Kirin 710, mas continua a ter mais destaque na área fotográfica, tanto a captar as fotografias, como na organização da galeria.

Câmara

O Huawei Mate 20 Lite destaca-se por uma excelente capacidade gráfica. Na parte traseira podemos contar com duas câmaras, uma de 20MP com abertura de f/1.8 e outra de 2MP.

É aqui que podemos tirar partido da inteligência artificial, já que, tal como smartphones topo de gama da Huawei, ao apontarmos a câmara fotográfica para captar uma fotografia, o smartphone irá detetar o tipo de objetivo que estamos a ver e irá otimizar o desempenho da câmara para captarmos a melhor foto possível.

Portanto, tirarmos a flores, animais ou comida, terá automaticamente a sua própria configuração para que facilite a captura de fotografias de qualidade profissional. Desde o Huawei Mate 10, que a Huawei tem tentado facilitar o utilizador nesta área, já que com a ajuda da inteligência artificial as fotografias têm melhorado.

Neste caso, também podemos comprovar que a câmara é de grande qualidade, com fotografias muito boas e com boas cores. Uma coisa boa é que mesmo em ambientes com pouca luz, a qualidade fotográfica é boa e aproxima-se do que já conseguimos captar com equipamentos topo de gama.

A câmara frontal também é de grande qualidade e as selfies são uma grande aposta da Huawei, já que este equipamento tem duas câmara frontais, uma de 24MP e outra de 2MP. Também aqui podemos usufruir da inteligência artificial para melhorar a fotografia.

Além desta melhoria, a Huawei adicionou algumas funcionalidades à aplicação de câmara, adicionando a realidade aumentada que temos visto em smartphones topo de gama, o que permite fazermos algumas brincadeiras interessantes, tal como já vemos muitos no Instagram.

Veredicto: Huawei Mate 20 Lite

A Huawei já é líder no mercado nacional, pelo menos conseguiu no passado trimestre, o que demonstra que está no caminho certo para o seu grande objetivo, atingir o top mundial nos próximos anos.

Neste sentido, o Huawei Mate 20 Lite é mais um excelente passo, já que conseguimos funcionalidades que se aproximam dos equipamentos topo de gama, num smartphones por menos de 400€. Consideramos o preço justo, quando o compramos com outros equipamentos na mesma gama de preço.

A fabricante chinesa continua a fazer um excelente trabalho, tanto no design como nas funcionalidades que o smartphone oferece, sendo que o que menos me agrada continua a ser aquela saliência das câmaras que me irritam.

Pontos a Favor:

  • Excelente Design
  • jack para auriculares

Pontos Contra:

  • Saliência das câmaras

Desde já agradecemos à Huawei por nos ter disponibilizado o Huawei Mate 20 Lite para a nossa review. Poderá comprar o equipamento nas lojas de retalho por 399€, sendo que se adquirir o equipamento durante a pré-reserva terá a oferta de uns auriculares da Huawei no valor de 79,90€ com cancelamento de ruído.

Artigos interessantes

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã
Destaques
9 Visualizações
Destaques
9 Visualizações

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã

Bruno Peralta - 17 de Janeiro de 2019

Falta pouco mais de um mês para a grande apresentação da Samsung, que decorrerá no dia 20 de fevereiro para…

Twitter libera versão cronológica da timeline
Redes Sociais
14 Visualizações
Redes Sociais
14 Visualizações

Twitter libera versão cronológica da timeline

João Pedro Souza - 17 de Janeiro de 2019

Uma nova atualização do Twitter para Android traz a possibilidade de visualizar o feed na ordem cronológica. Opção que já…

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento
Destaques
3 Partilhas43 Visualizações
Destaques
3 Partilhas43 Visualizações

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento

Bruno Peralta - 16 de Janeiro de 2019

Os fabricantes de smartphones estão retirando lentamente os tradicionais leitores de impressão digital em favor dos sensores no ecrã, mas…

Comentário

  1. Parece ser um bom terminal, mas na minha opinião é estragado pela inclusão da monocelha e pelo facto de a Huawei não ser muito eficaz com as actualizações!

    Responder

Comente

O seu email não será publico