Análise Google Stadia: o futuro do gaming é o streaming

O Google Stadia é um serviço de streaming de jogos, um estilo de netflix, mas em vez de filmes temos acesso aos jogos. Sim, em tempo real e, obviamente, temos de ter uma ligação à internet. Uma excelente ligação à internet, avisamos desde já, sendo que felizmente, em Portugal, a oferta dos operadores já é de boa qualidade para este serviço, independente do valor que paga pelo seu serviço.

Muitos apontam que este é o futuro da oferta de videojogos, sendo que até já há rumores que a Playstation 5 e a Xbox Series podem ser as últimas consolas físicas, pois tendo em conta a evolução da tecnologia e o tempo de vida normal das consolas, dentro de alguns anos quando for “necessário” mudar para uma nova consola, a tecnologia do streaming já deverá estar a um excelente nível.

O Stadia oferece acesso a uma crescente biblioteca de jogos digitais que funciona em qualquer lugar. Por mais ambicioso que pareça, finalmente testámos o serviço que foi lançado há mais de um ano, mas que só agora chega a Portugal, e podemos afirmar com firmeza que é uma verdadeira alternativa de console e, com o tempo, não há qualquer dúvida que é uma séria ameaça às consolas físicas e, nomeadamente, à Microsoft e à Sony.

O Google Stadia está a pensar corretamente, pois além de oferecer um desempenho surpreendentemente agradável com pouca ou nenhuma latência numa rede doméstica, o serviço oferece streaming em qualquer lugar através de telefones e tablets, bem como em nos PCs e Chromecast, facilitando a utilização do mesmo na nossa televisão. Além disso, o Stadia faz streaming ao vivo no YouTube Gaming, sendo que, por agora, a única opção disponível é o Stadia Pro, portanto teremos de adquirir um comando por nossa própria via e não podemos usufruir da oferta da própria Google.

Como qualquer outro serviço de streaming, a sua experiência pode ser muito diferente para diferentes utilizadores, já que há variáveis que nem o utilizador nem a Google tem responsabilidade, sendo que o grande problema aqui será a ligação de internet.

Google Stadia: o que é?

Google Stadia é o nome de um novo serviço de streaming de jogos do Google e também o nome da loja onde comprará os jogos. Tudo o que comprar é seu, como acontece nas consolas concorrentes.

O que o Stadia promete (e principalmente oferece) é uma experiência de streaming de jogo que requer apenas o equipamento mais básico: um Chromecast Ultra ou seu telefone ou laptop, além de um comando à sua escolha. Sendo que não espere que por usar hardware “fraco” quando comparado com as grandes consolas, a qualidade do jogo será muito inferior.

Por último, mas não menos importante, precisa de uma ligação à internet, algo que não nos podemos queixar em Portugal, já que a qualidade de ligação à internet em Portugal é boa e as ligações mínimas requeridas pela Google para usufruir da máxima qualidade (35Mbps para o 4K) é conseguida em praticamente todos os planos das operadores.

Além disso, pode aceder ao Stadia através de uma assinatura do Stadia Pro, mas não e obrigatório já que o serviço também dispõe de uma versão gratuita, onde poderá ter alguns jogos disponíveis, sem qualquer custo.

No entanto, se gostar do serviço terá de adquirir o Stadia Pro já que permite jogar em qualidade 4K HDR, ganha mais de uma dezena de jogos grátis e ainda tem um desconto na compra de alguns jogos. Mas, o mais importante, apesar do que seu nome indica, Stadia Pro não é Netflix e não é um buffet livre de jogos.

Aplicativo Google Stadia: quais dispositivos são compatíveis?

Tanto a inscrição quanto o serviço de streaming são acedidos através do aplicativo Google Stadia no Android e iOS. Depois de fazer login, você pode transmitir um jogo do Chromecast ou através do seu PC.

No entanto a terceira opção pode ser a mais interessante, já que permite ligar um comando a um smartphone e jogar diretamente no seu smartphone. No atual momento, os dispositivos compatíveis são os seguintes:

  • Pixel 2, 2XL, 3, 3XL, 3a, 3a XL, 4, 4XL, 4a, 4a (5G), 5
  • Samsung S8, S8+, S8 Active, Note 8
  • Samsung S9, S9+, Note 9
  • Samsung S10, S10+, Note 10, Note 10+
  • Samsung S20, S20+, S20 Ultra
  • OnePlus 5, 6, 7, 7 Pro, 7 Pro 5G, 8, 8 Pro, Nord
  • OnePlus 5T, 6T, 7T, 7T Pro, 7T Pro 5G
  • Asus ROG Phone, ROG Phone II, ROG Phone III
  • Razer Phone, Razer Phone II
  • LG V50 ThinQ, V50S ThinQ, V60 ThinQ, G7 ThinQ, G8 ThinQ, Wing

Pode ver a lista atualizada e mais algumas informações no site da Google.

Quais os jogos disponíveis?

Há algumas coisas realmente boas – como Red Dead Redemption 2 e Mortal Kombat 11 – além de alguns jogos que provavelmente são menos interessantes como Just Dance 2020.

Google Stadia tem alguns exclusivos, como o primeiro jogo de terror infantil chamado GYLT, e ainda conta com alguns títulos muito esperados como Watch Dogs Legion, Baldur’s Gate 3, Marvel’s Avengers e Cyberpunk 2077.

Desde o lançamento, o Google adicionou mais de 100 novos títulos à biblioteca e não tem planos de desacelerar. O que isso nos diz é que o Google tem o poder para lançar novos jogos da mesma forma que a Microsoft e a Sony, mas o conteúdo sempre será limitado quando comparado a outros serviços como o Steam. Segundo a Wikipédia, neste momento há 155 jogos disponíveis no Google Stadia

Design e interface do Google Stadia

O design e a interface do Stadia são excelentes e fáceis de usar. Tanto no smartphone como no computador, o ecrã inicial é basicamente todos os jogos que tem na sua coleção, sendo que temos acesso aos jogos mais populares, ao último jogo que jogamos.

Outra das apostas fortes é a comunidade, sendo que poderá adicionar amigos, bem como aceder às capturas de ecrã que fez no jogo. Também tem guias para a Loja do Stadia e um feed com vídeos, notícias e postagens de blog da equipe do Stadia.

Funcionalidades do Google Stadia

A Google tem adicionado algumas funcionalidades lentamente, sendo que ainda naõ temos, por exemplo, a integração com o Google Assistant, que foi anunciada no dia de lançamento. No entanto, a possibilidade de integrarmos com o YouTube Gaming é excelente, pois através de hardware simples podemos fazer streaming dos nossos jogos para milhões de pessoas.

Uma das funcionalidades mais interessantes são o suporte a comandos, não só o da própria Google para de muitos outros, incluindo os comandos da Playstation e a Xbox, o que permitirá que usufrua do Stadia sem ser necessário adquirir um comando próprio ou um comando novo.

A outra funcionalidade que nos agradou muito é a transição perfeita entre plataformas e que funcionou muito bem. Facilmente podemos estar a jogar no nosso computador e passar para o Chromecast na nossa televisão, como se precisarmos de sair também o podemos fazer no nosso smartphone.

Desempenho

É estranho falarmos do desempenho de uma plataforma na nuvem, mas não é propriamente nisso que vamos falar quando falamos em desempenho, já que não há grandes dúvidas que a Google terá servidores e plataformas para aguentar isso. Aqui o desempenho é, essencialmente, focada na nossa ligação de internet que é onde poderemos ter dificuldade em usufruir da experiência.

O teste foi realizado com uma oferta da Vodafone de 500/100 Mbps e não tivémos qualquer dificuldade. Testámos em várias horas do dia, com diferentes jogos e não tivémos qualquer dificuldade. Em relação à rede móvel também correu tudo bem, no entanto há que referir que o consumo de internet durante estes jogos é alta e com tarifários mais limitativos, poderá esgotar rapidamente o seu plafond.

Veredito: Google Stadia

Começamos por dizer que o lançamento do Google Stadia é muito bom para o mercado. Com a entrada de um player tão importante, sem dúvida que os concorrentes têm de olhar de forma séria e isso só pode trazer boas notícias para os consumidores. Mas há uma vantagem que o Stadia é muito superior a toda a concorrência, o hardware necessário para jogar.

Se é verdade que em termos de smartphones são poucos os modelos compatíveis e apenas modelos de topo ou média/alta gama, em termos de usufruir do jogo em casa é muito simples. Quase qualquer computador com o Chrome ou um Chromecast ligado à televisão. Este último custa apenas 35€, o que se torna uma excelente oferta, além de todas as funcionalidades que o dispositivo oferece. E em termos de comandos também existe uma variada oferta não muito cara, portanto com pouco dinheiro temos acesso a jogar com qualidade, sendo que já não falamos da internet que quase todos já têm por outros motivos.

Mas se é um gamer de topo, provavelmente não será a sua plataforma ideal. A qualidade é indiscutível, mas também não podemos esperar obter uma latência tão baixa como os gamers e ou jogadores profissionais pretendem e obtém com um computador.

Pontos a favor:

  • Surpreendentemente um excelente desempenho
  • Hardware necessário
  • 4K para o Stadia Pro
  • Transições entre Chromecast/smartphone/PC

Pontos Contra:

  • Dependência de uma excelente ligação à internet
  • Qualidade não se compara com as consolas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here