Análise Energy Phone Pro 4G: Design atrativo, elegante e económico

Da espanhola Energy System chega um aparelho que não deixa de surpreender pela positiva. Trata-se do Energy Phone Pro 4G. De design atractivo e elegante, é um smartphone equilibrado e com características de gama média, como mostram as suas especificações técnicas.

O produto possui 36 meses de garantia, como é costume na marca, e pode ser adquirido na loja oficial da Energy System por um preço de 199 euros. Já a sua versão Pearly, de 3 Gb de RAM e 32 Gb de armazenamento encontra-se à venda por 229 euros.

Especificações e Acessórios

O aparelho chega-nos embalado numa caixa contendo um adaptador de corrente, um cabo microUSB e toda a documentação relevante.

As suas características principais podem ser resumidas em:

  • Ecrã;AMOLED de 5 polegadas HD (1.280 x 720 pixels) 294 pixéis por polegada
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 616 de 28 nm- 8 núcleos Cortex A53 a 1,5GHz
  • GPU:Adreno 405
  • RAM:2 GB DDR3
  • Armazenamento interno: 16 GB + microSD (suporta até 128 GB)
  • Conectividade: 4G: 800/1800/2600 MHz (BANDAS FDD-LTE XX / III / VII) 3G: 900/2100 MHz (BANDAS WCDMA VIII / I ); Bluetooth 4.0
  • Sistema operativo: Android 5.1 Lollipop
  • Bateria: 2.600 mAh (não removível)
  • Câmara traseira:13 megapixéis, flash, f/2.2
  • Câmara frontal: 5 megapixéis
  • Dimensões; 142 x 72 x 7.1 milímetros
  • Peso:130 gramas

Design e Ecrã

De design simples e minimalista, o aparelho tem um rácio peso/tamanho bastante agradável, embora de tacto robusto quando se pega nele.

O ecrã de 5 polegadas HD tem tecnologia AMOLED, um update dos habituais painéis IPS,  permite uma panóplia de tonalidades mais vivas, uma rápida taxa de atualização, elevada definição, nitidez, detalhe e maior ângulo de visão.

A qualidade dos acabamentos são mais dois pontos a seu favor.  As laterais encontram-se protegidas com uma moldura de alumínio, sendo o corpo do telefone composto por vidro de álcali-aluminossilicato Corning Gorilla Glass 3, um material projectado para ser fino, leve e resistente a quedas e danos.

O único senão é o facto de não terem apostado numa versão com um ecrã Full HD já que alguns utilizadores não se importariam com certeza de pagar um pouco mais por uma maior definição e qualidade de imagem.

O aparelho dispõe de LED de notificações, cada vez mais um elemento essencial à interação entre o utilizador e o telefone, embora seja de mencionar que este se encontra integrado no botão de ligar/desligar, também ele de tacto e design agradáveis.

Em termos de conexões o aparelho permite uma configuração microSIM e nanoSIM caso o utilizador pretenda fazer uma utilização dual Sim, ou microSIM e microSD que permite aumentar a capacidade de armazenamento. O smartphone conta ainda com entradas microUSB 2.0 e audio Jack.

Desempenho

A Energy System troca os processadores MediaTek pela Qualcomm apostando num Snapdragon 616 de 64 bits com 8 núcleos (4 núcleos ARM Cortex-A53 até 1’7 GHz + 4 núcleos Cortex-A53 de 1’2 GHz). Estes, aliados a 2GB de RAM permitem uma utilização fluída para o utilizador comum.

O software de origem é bastante leve, o que não constitui uma desvantagem face à típica  confusão de aplicações dos aparelhos chineses. Equipado com o sistema operativo Android 5.1 Lollipop, poucas são as aplicações oferecidas pelo fabricante embora seja possível encontrar um reprodutor de música, um gestor de arquivos e uma browser próprio. No entanto, também seria bom ter já disponível uma atualização mais recente, já que o Android 7.0 Nougat é o mais atual.

Especial destaque merece a Energy Music um software open source com várias opções de organização e gestão da biblioteca de música.

O aparelho tem um desempenho satisfatório e comparável aos da mesma gama de preço, no entanto peca por não apostar em tecnologias recentes incluindo o sensor de impressões digitais ou a tecnologia NFC (Near Field Communication).

A bateria de 2.600 mAh oferece uma  autonomia bastante satisfatória. A marca promete 165 horas em standby e mais de 15 horas de conversação. Para uma utilização básica das redes sociais, correio electrónico e serviços de mensagens instantâneas pode-se contar com pelo menos 1 dia e meio de autonomia.  Um jogador intensivo no entanto, dispõe apenas de 5 horas de autonomia num uso contínuo.

O fabricante incluiu um modo de poupança de bateria, destinado a prolongar a autonomia do aparelho, através de medidas como a restrição de programas a executar em segundo plano ou desactivação dos modos de vibração e geo-localização.

Há uma coisa que a Energy Sistem se destaca nos seus equipamentos, que é na Garantia. Enquanto a maioria das fabricantes oferece, apenas, dois anos de garantia, a Energy Sistem já há alguns anos que oferecer três anos para os seus dispositivos. Infelizmente, apenas podemos adquirir o equipamento online, no site da empresa, mas também acreditamos que é cada vez mais comum a compra de equipamentos através da internet.

Câmara

O Energy Phone Pro 4G vem equipado com uma câmara traseira de 13 Mpx com auto-foque, flash LED, vários modos de disparo, e uma câmara frontal de 5 Mpx, equipada com um Flash LED frontal, bastante útil em selfies nocturnas, e um campo de visão de 84’3º .

A câmara do Energy Phone Pro merece principal destaque para o contraste e velocidade de focagem. Os seus pontos fracos transparecem nas fotografias tiradas à noite ou em espaços fechados.

Mais uma vez a aplicação de fotografia é bastante leve detendo as opções habituais como o HDR, ISO o flash LED a opção de selfies e vários ajustes de configuração. Entre eles seria se esperar um modo beauty, uma característica comum dos telefones chineses, muito centrados nas selfies. No entanto, mais uma vez a marca manteve as opções básicas, não apostando muito na inovação.

Veredito: Energy Phone Pro 4G

O Energy Phone Pro 4G conta com vários pontos a seu favor, principalmente tendo em conta o seu preço. O aparelho peca no entanto pela falta de aposta na inovação. Faltam algumas funcionalidades recentes, e o software é simples e minimalista.

O público mais exigente em termos gráficos ficará um pouco desapontado com a falta de resolução Full HD. No entanto, em modos gerais, o aparelho cumpre todos os requisitos desejáveis num telefone de gama média, por um preço razoável. Destina-se ao utilizador comum e oferece bom desempenho no uso de aplicações comuns como o Whatsapp Facebook, Youtube etc.

Para os Gamers, e no caso de jogos mais exigentes como shooters e jogos 3D, o ecrã poderá deixar algo a desejar, bem como a capacidade e temperatura do processador. No entanto, a experiência é satisfatória nos casos menos exigentes.

Assim sendo trata-se de um aparelho destinado aos utilizadores de redes sociais, que procuram um aparelho satisfatório para navegar na internet, com uma boa câmara fotográfica, e ocasionalmente  jogar jogos pouco exigentes.

Pontos a Favor:

  • Design excelente
  • Garantia de 3 anos
  • Preço equilibrado

Pontos Contra:

  • Ecrã apenas HD
  • Android 5.1 Lollipop

Desde já agradecemos à Energy Sistem a cedência do equipamento para teste. Esta versão Navy, em preto, pode ser adquirida por 199€ no site da Energy Sistem, mas pode optar pela versão em branco (Pearl) com 3GB/32GB por 229€. Segue-se a nossa galeria de fotos:

Veja também...

Deixe o seu comentário