Home Tecnologia Análises Análise do Trust GXT 255+ Onyx: A escolha para streaming – Review

Análise do Trust GXT 255+ Onyx: A escolha para streaming – Review

O GXT 255+ Onyx junta-se a um vasto leque de periféricos de áudio da Trust e aposta todas as fichas na versatilidade, aliado a uma qualidade sonora e de construção verdadeiramente impressionantes. Depois de termos tido oportunidade de testar o GXT 241 — um microfone estilo plug & play — que era pensado para streamers iniciantes ou vloggers ocasionais, chegou-nos às mãos o GXT 255 que se mostra ainda mais competente na arte de bem saber falar.

Esta proposta oferece condições mais interessantes para quem procura levar mais a sério a locução, informação ou o entretenimento. Ainda antes de mergulhar nos pormenores, arrisco-me a dizer que este microfone é, possivelmente, uma das melhores propostas do mercado em matéria de custo-benefício. Voltado claramente para jogadores, este Onyx conta com um suporte articulado para que possa colocá-lo perto de si como bem entender.

A procura deste tipo de equipamentos tem motivado a que marcas decidissem investir em soluções no mesmo segmento para fazer face às necessidades dos consumidores, no entanto, o Trust GXT 255+ Onyx apresenta-se como um forte candidato a uma gama mais profissional — ainda que não deva ser comparado com microfones profissionais — mas numa clara aproximação aquilo que se espera serem as qualidades de um microfone para streaming.

What’s inside? O GXT 255 é grande até na caixa!

Algo que já estamos habituados por parte da Trust é a acomodação correta dos produtos, mas também, o aproveitamento do espaço para o essencial. O GXT 255+ não é exceção, e o tamanho da embalagem é considerável porque incorpora um suporte articulado que permite uma utilização alargada para o microfone. A caixa inclui além do suporte, o cabo necessário (USB-C) para ligar o microfone ao suporte que já vem incluído com um cabo USB-A para ligar ao PC.

Este conjunto oferece ainda um firmware que vem pré-programado que oferece suporte ao funcionamento do microfone. É relativamente simples! É por isto que esta categoria de equipamento é considerado um produto plug & play, ou seja, “conectar e usar“, ligando-o diretamente a um computador ou uma consola. Isto permite que consiga proceder com as funcionalidades que mais lhe interessa — o streaming e criação de conteúdo.

Alertamos para o facto de o manuseio deste microfone ter de ser feito com um maior cuidado pela sensibilidade do dispositivo de captação de som utilizado. E alertamos para o facto de ver o pequeno livro de instruções que mostra como montar corretamente o suporte do microfone — que oferece posições específicas ajustáveis — para manter a posição sem esticar os elásticos.

Design e qualidade de construção

Analisando o GXT 255+ Onyx percecionamos um pormenor muito simbólico, a leveza dos materiais que contrasta com outro microfone — que tivemos a oportunidade de analisar, o GXT 241 cujo corpo é metálico. Este novo microfone apresenta-se com linhas arredondadas e equipado com LEDs identificativos na traseira do modelo.

Destacamos o facto o suporte ser feito de uma liga metálica o que lhe confere uma resistência incontornável, no entanto, é composto por um material suscetível de ser facilmente riscado — no verdadeiro sentido da palavra — visto que durante a instalação isso foi uma realidade, e atenção que não foi por falta de cuidado. Assim sendo, mas também não oferecendo uma real solução para o problema, apelo para este cuidado no manuseio.

O microfone, por si só, não aparenta nenhuma fragilidade (mesmo com materiais mais leves), a qualidade é uma realidade. É um microfone com bom aspeto que, em conjunto, com o suporte se enquadram em qualquer cenário, seja ele, de streaming, de gravação de vlog ou podcast, provavelmente, pelas adoção deste tipo de linhas. É o tipo de produto que transmite uma sensação agradável de posse, pois faz-nos sentir como se estivéssemos num estúdio de rádio, onde se convive com microfones do género (e por vezes não tão díspares assim deste conjunto).

Estas soluções plug & play podem trazer alguns problemas, designadamente, ao nível da otimização ou da personalização da experiência sem um software de terceiros mais complexo, no entanto, e conhecendo a Trust, foi evidente o compromisso em trazer uma solução “problems free“, que funciona sem qualquer problema seja qual for o dispositivo e a presença de regulação do da saída de áudio para os auscultadores (conectados ao microfone), e a captação de som (regulado na parte frontal). Algo que julgamos ser interessante é o facto de a Trust referir no seu site que o microfone não tem cancelamento ativo de ruído, no entanto, reparamos num detalhe que pode bem passar por algo parecido. Quer saber do que falamos? Continue a ler e prossiga até às especificações técnicas do produto.

Ao recorrer a um suporte anti-trepidação (em formato teia), a tecnologia de contra frequência, cardioide, e a esponja (ou pop-filter) do microfone permitem a redução de barulhos parasitas para maior detalhe na captação de áudio. O GXT 241 já era um microfone incrível, agora o 255+ Onyx está num claro patamar de destaque, não tendo de recorrer a um filtro pop, mas à esponja pela proposta diferenciada — que propõe ao oferecer um suporte flutuante.

O Onyx tem umas dimensões generosas contando com uma altura de 980 mm, uma profundidade de 70 mm e uma largura de 80 mm, o que faz com que apenas o suporte pesa 1 kg (o que até nem é muito, mas não deixa de ser impressionante) e o microfone (mesmo em plástico) pesa 400g, o que é compreensível dado o facto de ser mais leve para não oferecer demasiada resistência ao suporte.

Especificações e recursos do GXT 255+

Este modelo demonstra uma elevada capacidade de captação de som, isto fruto de um microfone condensador que tem a particularidade de contar com um diafragma de polímero e uma placa metálica que facilitam a transferência das ondas sonoras. O GXT 255+ Onyx é uma melhoria significativa em relação ao GXT 241 Velica, aproximando-o verdadeiramente de microfones de estúdio.

Cardioide faz parte deste microfone — algo que já marca presença habitual neste tipo de produto da Trust — uma tecnologia visa mitigar ruídos indesejáveis durante a locução. Ao criar um canal unidirecional de áudio, a voz é captada com a nitidez que merece, sobretudo, porque conta com um filtro pop de esponja, ainda mais eficiente que o filtro metálico utilizado no Velica. A inclusão de cancelamento ativo de eco promove uma redução do ruído de fundo, designadamente, quando fazemos locução de voz com um volume de entrada (de áudio) mais elevado.

Ainda para mais, a taxa de amostragem de 24 bits, 96 kHz, é manifestamente superior e demonstra um claro compromisso pela qualidade. Quando maior a amostra por segundo (sample rate), maior o detalhe sonoro, o que faz com que, mesmo que pretenda uma taxa menor, o possa fazer com recurso à edição, mas sem nunca perder a qualidade no canal de áudio.

O Trust GXT 255+ Onyx permite fácil regulação do som diretamente no microfone, visto que pode conectar os seus auscultadores (ao microfone) através de entrada jack de áudio, o que permite ouvir-se enquanto fala. Pode controlar a saída de som, a admissão de som e o “mutedo microfone (pressionando o regulador de intensidade de som). Na parte traseira do produto, pode encontrar um botão que permite ligar ou desligar o LED funcional, ou alterar a cor do LED. O botão demute” do microfone altera para a cor vermelha que indica que o microfone está silenciado.

Respetivamente à compatibilidade, o novo GXT 255 funciona em PlayStation 4, PlayStation 5, Windows, Mac OS, Linux e Chrome OS — o que faz com que seja um dos mais compatíveis da seleção de microfones da Trust — desconhecendo-se, porém, a compatibilidade com as consolas da Microsoft, Xbox Series S e X.

Microfone Trust GXT 255+ Onyx
  • Dimensões: 980 x 80 x 70 mm
  • Cor: Preto
  • Peso: 1.400g (microfone = 400g)
  • Material: Metal e Plástico;
  • Sensibilidade: -36 dB a 130 dB
  • Frequência: 30 Hz a 18.000 Hz
  • Categoria: Condensador;
  • Tecnologia: Cardioide; Cancelamento de eco;
  • Taxa de amostragem: 96 kHz
  • Sample rate: 24 bits
  • Botão de mute: Sim
  • Conexão: USB-A

Desempenho do Trust Onyx

Escrever sobre desempenho é escrever sobre a capacidade incrível de captação de áudio deste produto. O 255+ Onyx refle um trabalho de desenvolvimento no sentido de otimizar o microfone para a maior qualidade possível, adotando por isso, um sample-rate de 96 kHz (que é ótimo, mas não ummust-have“), mas passando de uma taxa de 16 bits (algo cada vez mais comum) para algo como 24 bits que se revela bastante crucial para a pureza do canal de áudio — algo que falamos no parâmetro anterior (na análise) — visto que em matéria de edição, mesmo que não faça uso de 24 bits, consegue compactar o áudio para 16 bits — o grande diferencial é que para a mesma taxa, a compactada de maior bit-rate oferece uma maior definição — com menos erros da amostra.

O braço suspenso foi, inicialmente, um misto de emoções pois durante a nossa experiência na fase inicial, a adaptação foi difícil pois não conseguíamos estabilizá-lo a ponto de que a mola esticava o braço, não o segurando na posição mais útil. Depois de ler com maior atenção e, sobretudo, de realizar algumas experiências a título pessoal, conseguimos entender o funcionamento do ajuste de modo a maximizar a utilidade do braço, tendo mudado radicalmente a nossa opinião sobre o seu funcionamento — daí o facto de mencionar-mos no início a importância de ler aquele pequeno manual de instruções (até bastante simples) para não cometer erros de palmatória como o que nós cometemos — e utilidade contra aquela que foi a nossa experiência com o tripé do GXT 241, algo que já tínhamos mencionado na altura da análise.

Parte dos ruídos foram suprimidos com a passagem de um tripé para um braço suspenso, mais ainda passam alguns ruídos como o “teclar” de um teclado mecânico, visto que os switches são mais ruidosos, mas do feedback que tivemos, não foi algo relevante em ferramentas como o Discord. Os potenciais utilizadores deste microfone são potenciais utilizadores desta ferramenta de chat e conversa por voz e vídeo, pelo que, saiba que quem falar consigo não irá sofrer com o exagero na admissão de sons indesejados.

Este modelo resolve grande parte dos problemas que se levantavam com a introdução do GXT 241 Velica (apesar das restantes ofertas do mercado). O GXT 255+ Onyx é uma proposta mais sólida neste segmento, sobretudo, no preço. Além do mais, existem outras ofertas dentro do espectro de produtos de áudio da Trust, mas que podem não se enquadrar naquilo que são as necessidades de um utilizador do Onyx.

Preço

O Trust GXT 255+ Onyx já se encontra disponível em algumas lojas, e pode consultar a página oficial onde constam todas as lojas oficiais que comercializam o novo microfone da Trust (incluindo algumas lojas vizinhas na Espanha que oferecem preços atrativos), ou alternativamente, a Amazon é uma opção bastante viável podendo adquiri-lo por 209€ (um pouco acima daquele que seria o seu target-price, +170€).

Veredito — um conjunto ideal!

O Trust Onyx é uma solução cujo custo-benefício começa a entrar na ponderação de compra. Rapidamente, respondemos que tudo pode depender da sua necessidade. Vale a pena um microfone deste preço? Sem dúvida, mas tenha em atenção a utilidade que lhe irá dar. Eventualmente, um microfone de 50 e poucos euros pode ter utilidade para quem grava frequentemente fora do espaço de streaming (em casa ou num estúdio), no entanto, o Onyx apresenta-se como um claro “indoor use” e que não apresenta um outro objetivo que não este — usar em streaming, voz-off ou outro tipo de locução dentro de um espaço fechado.

Para alguém que procura melhorar a qualidade do seu setup com um claro objetivo na qualidade do áudio, este é sem dúvida um microfone a considerar nessa alteração, agora se ainda não tem a certeza de que forma quer maximizar a utilidade do microfone, arriscar num valor mais elevado pode ser pouco tentador e aí considerar um microfone que sendo mais barato, é impressionante.

Prós:
  • Maior sensibilidade e equilíbrio dos agudos e graves;
  • Tecnologia de Cardióide;
  • Taxa de 24 bits e amostragem de 96 kHz;
  • Cancelamento ativo de eco;
  • LED informativo;
  • Design arrojado (pelo minimalismo);
  • Plug & Play;
  • Compatibilidade alargada a vários dispositivos;
  • Maior flexibilidade (pelo uso de um braço suspenso);
  • Custo-benefício (se bem enquadrado, pode ser elevado);
Contras:
  • Ausência de redução ativa de ruído;
  • Esponja pode acumular pó (mais difícil de tirar);
  • (Poderia) contar um software para melhor controlo;
  • Preço (pode ser um fator pouco atrativo);

Ultimamente, congratulo a Trust por mais um ótimo produto, em especial, à Trust Portugal por nos ter cedido com a celeridade possível do GXT 255+ Onyx para ser submetido para análise e avaliação, para o site do MaisTecnologia (e também no Youtube), reforçando a nossa cobertura de produtos (e tecnologia em geral) mesmo ao nível dos microfones.

Este microfone pode ser encontrado na Amazon por 199€.

Agradecemos o tempo dispensado até agora, continue a acompanhar-nos no site, nas nossas redes sociais e no nosso canal do Youtube.

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here