Análise do Trust GXT 241 Velica — O microfone para streaming — Review

O GXT 241 Velica é o novo microfone da Trust idealizado para os criadores de conteúdo por meio de plataformas de streaming como o Youtube ou a Twitch. Este produto foi pensado para ser utilizado sem grandes complicações — estilo plug & play — tanto em transmissões em direto ou como forma de dar voz a algum vídeo a ser publicado nos locais habituais de streaming de vídeo.

Acessível por natureza, este novo microfone permite a quem se inicia no mundo da criação de conteúdo — na grande maioria gaming — conseguir uma qualidade acima da média por um valor relativamente mais baixo. É fácil encontrarmos sistemas de som como um microfone a preços baixíssimos, no entanto, fica a dúvida se por esse preço vale a pena o trabalho de editar o som ou ter de recorrer a correções em tempo real para resolver problemas que facilmente seriam sanados ao apostar numa proposta de maior qualidade.

O Trust GXT 241 Velica segue uma tendência que se tem emancipado entre a comunidade gaming durante os últimos dez anos, em que o prazer de jogar (em consola ou computador) é partilhado em direto com outros amantes de videojogos que se revêm de forma, mais ou menos, semelhante ao emissor que partilha a sua habilidade de jogo com o público. Claro que, os jogadores não só se predispõem a ver jogar, como gostam de ouvir aquilo que muitos dos emissores (por vezes, entertainers) têm a dizer sobre a sua experiência de jogo ou mesmo uma opinião sobre determinado tema dentro de jogo, ou na comunidade.

What’s inside? O essencial num microfone

O Velica chega-nos devidamente acomodado dentro de uma pequena caixa — onde todo o espaço foi aproveitado — desmontado e protegido por espuma por forma a garantir a integridade dos componentes. Dada a fácil montagem, o dispositivo não se faz acompanhar de manual, pois intuitivamente, o consumidor apercebe-se da forma de o montar e, caso existam dúvidas, basta olhar para a imagem da caixa que fica a perceber a forma de apresentação correta.

É possível encontrar na caixa, o microfone — compacto e feito de metal maciço —, o suporte para o filtro pop — onde o filtro já vem integrado —, um cabo USB-C (entrada no microfone) para USB-A — para o conectar ao dispositivo que pretende — e, por fim, no fundo da caixa, é possível encontrarmos um pequeno tripé cujas pontas estão cobertas por um material emborrachado para diminuir as trepidações no local onde é colocado o conjunto.

blank

A rápida montagem permite que passe ao que realmente importa, a criação de conteúdo e julgamos que foi isso que a Trust teve em atenção na altura de preparar o conteúdo. É um microfone e não um telemóvel em que o processo de unboxing (em português, desempacotamento) é tão relevante para criar toda uma experiência em torno do dispositivo adquirido. Neste caso, o foco passa por tornar tudo prático para que qualquer pessoa que queira começar a gravar ou emitir possa fazê-lo sem estar preocupado com a configuração — basta confiar no produto — e está pronto a usar.

Design e qualidade de construção

Este GXT 241 Velica oferece-nos logo no primeiro contacto uma atração natural (para o estilo de produto) sendo mais importante do que muita gente pensa. Aliás, existe uma consciencialização crescente para o facto de que nem sempre forte e feio vinga, pois, quando se idealiza todo um espaço de trabalho, em particular, os criadores de conteúdo que pensam no setup — todos os dispositivos de trabalho — como a sua segunda casa, onde procuram sentir-se confortáveis tanto física como psicologicamente. Quem é a pessoa que não gosta de ter um bom ambiente de trabalho? Estando em direto, um criador procura não só um bom cenário para a sua audiência como conforto pessoal e este microfone não destoa da grande maioria dos cenários.

blank

É um produto da Trust e, por isso, podíamos esperar algo pensado ao detalhe, mas sem exageros. O GXT 241 é compacto e minimalista o que permite que ocupe pouco espaço, mas ainda assim não tenha pouca qualidade — contando com acabamentos metálicos em praticamente todo o conjunto — preparado para os mais variados cenários. Suponha que ao contrário do tripé, procura incorporar num braço suspenso que adquiriu anteriormente, então, apenas necessita de retirar o tripé e colocar o suporte (bem como o microfone) encaixado no braço.

Parece muito simples e, na verdade, é mesmo. Não estamos a exagerar. Ficámos surpreendidos nós mesmos pela simplicidade. O próprio microfone pode ser retirado do suporte anti-vibração e usado para outras potencialidades (ainda que o foco seja indoor). O suporte que incluí o filtro pop (que pode ser retirado) é composto por uma estrutura metálica que recorre a elásticos (resistentes) para suportar o microfone no interior, evitando assim ligações metálicas que poderiam transmitir trepidações do seu local de trabalho ou de ruídos externos que iriam comprometer a qualidade final do som captado.

blank

O conjunto que conta com 250 mm x 200 mm x 150 mm apresenta um peso de apenas 360 g, o que lhe confere uma facilidade de transporte e de adequação ao cenário em que pode ser utilizado. Isto associado ao tipo de microfone em análise permite constatar que fica assegurada a integridade do equipamento, mesmo em situações menos agradáveis para o conjunto. Claro está, evite situações como quedas, no entanto, saiba que se isso acontecer, não ficará com o microfone danificado logo com a primeira (e procure que única) queda.

Especificações e recursos do GXT 241

Todavia a construção seja interessante, o que torna este dispositivo verdadeiramente aliciante é o facto de estarmos a falar de um microfone condensador — ou seja, um microfone de alto desempenho que capta o som o mais aproximado da realidade —, graças a um conjunto de diafragma e uma placa metálica que transferem as ondas sonoras com uma clareza que apenas um microfone condensador consegue fazer. Esta categoria de equipamentos é usado normalmente em estúdios de gravação e rádio para maior detalhe na captação de voz.

blank

Para além disso, de modo a eliminar ruídos indesejados, o microfone conta com a tecnologia Cardioide — que visa criar “contra ondas” sonoras não audíveis que eliminam o ruído em torno do microfone, exceto na parte frontal — cria uma espécie de canal unidirecional de som para que sons que não sejam a sua voz, não sejam captados no microfone. Além disso, o filtro pop não permite captar a movimentação do ar na projeção da voz como é comum ouvir, por exemplo, no telemóvel sempre que eleva a sua voz — e que danifica a qualidade da sua gravação — pelo que o som é bastante mais claro e a sua voz torna-se mais nítida, mesmo quando fala com maior entusiasmo.

Dada a sua característica de configuração rápida, o Trust GXT 241 Velica não permite a regulação manual da admissão de som, no entanto, saiba que o pode fazer (em sistema Windows ou Mac) através da entrada de som do seu computador (no sistema operativo) ou em qualquer programa de edição. Contudo, para que nunca se sinta constrangido se não tiver desligado o microfone numa emissão em direto, existe um botão físico na traseira do dispositivo para poder fazer “mute”, visível por um LED que muda de azul para vermelho quando este se encontra “muted” (desligado). Além de Windows e MacOS, o microfone é compatível com a PlayStation 5 — o que nos leva a querer que PS4 também deve reconhecer o microfone — e, eventualmente, as consolas da Microsoft, Xbox Series S e X.

blank

Microfone Trust GXT 241 Velica
  • Dimensões: 250 x 200 x 150 mm
  • Cor: Preto
  • Peso: 360g
  • Material: Metal (maioriatariamente);
  • Sensibilidade: -36 dB a 130 dB
  • Frequência: 30 Hz a 18.000 Hz
  • Categoria: Condensador;
  • Tecnologia: Cardióide;
  • Taxa de amostragem: 44,1 kHz
  • Sample rate: 16 bits
  • Botão de mute: Sim
  • Conexão: USB-C to USB-A

Desempenho do Trust Velica

O GXT 241 oferece um desempenho bastante credível e merecedor de mérito, pois consegue captar voz a diferentes níveis e intensidades seja perto como mais longe do microfone. Falamos de uma amostragem de 44,1 kHz e de uma taxa de 16 bits, o que o torna perfeito para a grande maioria das tarefas que um emissor (ou até utilizador banal) faz com um microfone num computador. O mais impressionante é o facto de não termos de aplicar nenhuma definição ou edição ao som, pois ele já sai da forma que se espera.

blank

Algo curioso e que também nos leva a pensar a necessidade de adquirir um braço suspenso é o facto de ao usar o tripé, inevitavelmente e apesar de todas as técnicas para mitigar os ruídos parasitas, o uso numa secretária — onde é usado o teclado e o rato — o ruído do manuseio dos seus dispositivos pode em determinadas ocasiões ser captado pelo microfone face à trepidação que se propaga pelo metal dos pés do tripé até o suporte, sendo quase inevitável lidar com ruídos ocasionais que aparecem, por exemplo, num streamer de jogos que faça uma emissão em direto.

De qualquer modo, este pormenor não pode nem deve ser um impedimento na hora de adquirir este microfone, pois são mais as vantagens do que as desvantagens. É um dispositivo com imenso potencial e que permite “brincar” um pouco com a nossa voz, ainda mais se tiver alguns conhecimentos na edição de som, aperfeiçoando a já excelente captação de som. Este é, sem dúvida, um microfone bastante versátil e que, dada a sua leveza, pode ser facilmente transportado para outros locais para gravar aquilo que necessita com toda a fidelidade que a Trust pode oferecer.

blank

Preço

O Trust GXT 241 Velica já se encontra disponível em algumas lojas, e pode consultar a página oficial onde constam todas as lojas oficiais que comercializam o novo microfone da Trust, sendo que outra opção bastante viável é a Amazon, onde pode comprar por 53€.

Veredito — um microfone bastante atrativo

O Trust Velica permite toda uma segurança na hora de adquirir um microfone para ser aventurar no mundo da criação de conteúdo. Por um preço acessível, pode arranjar tempo para se inspirar não gastando parte dele em preocupações relacionadas com preços. Nunca a criatividade foi tão importante para a definição do seu futuro neste segmento tão competitivo e, por vezes, ingrato, no entanto, saiba que da parte do microfone encontrar bons equipamentos não deve ser um problema.

blank

Prós:
  • Elevada qualidade de construção;
  • Tecnologia de Cardióide;
  • Taxa de 16 bits e amostragem de 44,1 kHz;
  • Botão “mute” com LED;
  • Design minimalista e discreto;
  • Plug & Play;
  • Compatibilidade com consola (PS5);
Contras:
  • LED deveria de estar visível;
  • Tripé poderia ter mais ajuste;
  • Não permite ligar a um telemóvel (sem adaptador);

blank

Por fim, gostaria de agradecer à Trust Portugal na cedência desta unidade do GXT 241 Velica para teste e análise aqui, no Mais Tecnologia, permitindo uma diversificação do nosso conteúdo, bem como, mantendo-nos a par com a tecnologia mais recente implementada em microfones. Continue a acompanhar-nos no site, nas nossas redes sociais e no nosso canal do Youtube.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here