Análise Coolpad Torino : sedução pelo design com preço apaixonante (Com vídeo)

Coolpad Torino

A Coolpad chegou ao mercado europeu com a promessa de oferecer smartphones económicos de gama média. Tal como em todos os modelos de telemóveis chineses recorre de uma capa própria, a CoolUI que sobre o funcionamento do Android oferece algo mais.

De imediato ficamos impressionados com o design, mas como será que se comporta na realidade o Coolpad Torino em ambiente de utilização real? A sua aparência com equipamentos mais caros é acompanhada por uma qualidade de acabamento e escolha de materiais bastante boa, avaliemos o seu rendimento e performance!

Análise Coolpad Torino em vídeo

Caraterísticas

  • Dimensões: 154 x 76.5 x 8.7 mm
  • Peso: 163 g
  • Sistema Operativo: Android 5.1 Lollipop;
  • Ecrã: 5,5”Full HD; IPS LCD
  • Câmara frontal: 13 MP auto focus, f/2.2, flash de LED;
  • Câmara traseira: 5 MP f/2.2;
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 617 octa-core;
  • Gráficos: Qualcomm Adreno 405;
  • Memória RAM: 3 GB;
  • Armazenamento interno: 16 GB;
  • Ligações: USB 2.0; jack 3,5 mm jack; slot de cartões microSD (máx. 32 GB); USB OTG;
  • Sensores: impressões digitais; sensor de brilho; sensor de luz ambiente; acelerómetro;
  • Conetividade: Wi-Fi 802.11 b/g/n (b/g/n); Bluetooth 4.1; 2G GSM: 900/1800/1900 MHz; 3G HSPA+: 900/2100 MHz; 4G LTE FDD: 3 (1800 MHz), 1 (2100 MHz); Dual SIM; LTE; GPS;
  • Bateria: iões de lítio com 2500 mAh de capacidade;

Coolpad TorinoA Coolpad, marca asiática que tem registado números de vendas crescentes, ficou conhecida pelos primeiros smartphones Modena e Porto S. A chegada do modelo Torino vem reforçar a posição da empresa na Europa. O hardware deste equipamento, que tem conetividade 4G LTE, destaca-se pela combinação do processador Qualcomm de oito núcleos com uma placa gráfica integrada Adreno.

Os 3 GB de RAM são acompanhados por 16 GB de armazenamento dos quais apenas conseguimos utilizar 10,51 GB, mas que ainda assim não se revelam problemáticos já que a existência de um slot para cartões microSD permite expansão até 32 GB suplementares num slot híbrido que serve também para alojar outro cartão SIM.

No mercado, o Coolpad Torino é oferecido em dois acabamentos, mas em Portugal apenas a versão dourada estará à venda, com preços a rondar os 269 euros.

Design

Coolpad TorinoNão é todos os dias que temos para ensaio um equipamento de gama média-alta e com um preço acessível tão cuidado, quer no design quer na qualidade de construção. Na face superior a ficha ‘jack’ de 3,5 mm, que serve para ligarmos auriculares, está bem disfarçada não se sentindo qualquer saliência. Durante a utilização o tamanho torna o Coolpad Torino num telefone agradável, sem ser demasiado intrusivo quando o colocamos nos bolsos por ter também um design arredondado. Todas as teclas respondem bem e rapidamente às interações do utilizador, seja o botão ligar/desligar ou as teclas de controlo do volume.

O caráter compacto do Coolpad Torino torna-o então bastante confortável de utilizar. O vidro 2D, ligeiramente arredondado nas arestas tem implicações nas margens que são um pouco largas nas extremidades superior e inferior.

Coolpad TorinoA câmara traseira está ligeiramente saliente, contribuindo para um aumento da espessura reduzida do Coolpad Torino. Também na parte traseira, e mais fundo do que a face da capa, está o leitor de impressões digitais. Todavia com estas diferenças é fácil de colocar o dedo neste sensor para desbloquear o telefone.

Quanto à resistência e estabilidade, o Coolpad Torino consegue resistir bem às pressões. Em suma, falamos de um equipamento produzido pela Coolpad que apresenta uma qualidade de montagem muito elevada e que se destaca perante este segmento de mercado.

Desempenho

Como em qualquer equipamento de gama média-alta a performance é bastante boa, graças aos 3GB de RAM e ao processador Snapdragon 617 octa-core. Numa utilização de aplicações exigentes o telefone não mostra qualquer limitação, sendo que no momento de fazer as aplicações arrancar desempenhando o conjunto do Coolpad Torino um excelente trabalho quanto à gestão de recursos.

O armazenamento interno de apenas 16 GB, expansíveis é certo, mostra-se insuficiente para guardar fotografias e vídeos captados por uma câmara com tão alta resolução como é o caso da traseira com os seus 13 MP.

Nos testes de rendimento efetuados com recurso ao AnTuTu Benchmark a confirmação das nossas suspeitas, obteve resultados satisfatórios e de acordo com o que se esperava nesta gama.

Inversamente proporcional ao design está também a qualidade do ecrã, a superfície é bastante superior à área de ecrã. Ficamos desiludidos que a aparência não tenha conjugado este aspeto da melhor forma. Os 1080p de resolução oferecem boa reprodução de conteúdos multimedia, com realismo, mas apenas quando não expandimos o brilho ao máximo, já que nessas situações torna-se evidente a qualidade do ecrã que não exibe as cores com o merecido destaque para oferecer o desejado realismo.

Relativamente ao sistema operativo que vem instalado no Torino da Coolpad trata-se de uma versão trabalhada do Android, CoolUI, que tem por base o Lollipop 5.1. O funcionamento é bastante bom e o funcionamento permite transformar o telefone num equipamento rápido e fluido que responde de imediato às solicitações dos utilizadores. Esta máscara escolhida pela Coolpad faz ainda destacar a personalização que pode ser efetuada através da descarga de temas. Como é desconhecida de muitos, o mais idêntico, para não dizer plasmado, seja o MIUI que equipa os modelos da Xiaomi e que se inspirou no iOS da Apple.

Com uma bateria com tempos de autonomia promissores, quando olhamos para as especificações dadas pelo fabricante, na realidade acaba por dececionar. Os 2500 mAh de capacidade sofrem quando exigimos ligações mais intensas à Internet, sobretudo quando pretendemos aceder a redes sociais e serviços complexos como o YouTube. Em standby, ou seja com o ecrã desligado, a duração de uma carga é perfeitamente suficiente para termos um telefone a postos durante um dia.

A câmara consegue captar bastante bem a vivacidade das cores o realismo das cores mais quentes do espetro luminoso. A gravação de vídeos acontece de igual modo, se bem que tenhamos que ter algum cuidado em não gravar vídeos mais demorados na resolução máxima, 1080 p, sob pena de rapidamente esgotarmos a capacidade de armazenamento.

Coolpad Torino - Fotos (1) Coolpad Torino - Fotos (3) Coolpad Torino - Fotos (4)

A conetividade 4G LTE garante também ela velocidades de descarga máximas, sem qualquer pejo, assim como o GPS, que apesar de não possuir sensor de bússola, é bastante rápido e preciso.

Veredito: Coolpad Torino

Coolpad TorinoProduzir um telefone bom e barato não é tarefa fácil para nenhum dos fabricantes de equipamentos. A Coolpad viu-se a braços com esta problemática e focou-se no desenvolvimento de um produto atraente, robusto e muito elegante no que toca à aparência, com marcos de destaque no design extremamente difíceis de encontrar em produtos que pontuam no mesmo segmento.

Talvez este seja o equipamento indicado para quem utiliza o telefone para uma utilização um pouco agressiva, por baixo preço. O Coolpad Torino representa um marco adiante face aos produtos da empresa chinesa que já conhecíamos no mercado, com melhor qualidade de fabrico e um design mais cuidado que chega até a ter semelhanças com os modelos da Nexus.

Pontos a Favor:

  • Design
  • Preço
  • Sensor de impressões digitais

Pontos Contra:

  • Duração de bateria
  • Câmara saliente

Queremos agradecer à Coolpad por nos ter disponibilizado esta unidade para testes e relembrar que estamos nos últimos dias para oferecer o smartphone que está a ser analisado. O preço do Coolpad Torino ronda os 269€, nas lojas de retalho. Segue-se a nossa galeria de fotos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here