Análise ao novo Huawei G8: um design elegante

Huawei G8 (1)

Lançado em outubro deste ano, eis o novo smartphone da Huawei – O Huawei G8. Será este Phablet uma boa escolha? Leia a nossa análise completa.

Características e Acessórios
Design e Ecrã
Desempenho
Câmara
Veredito: Huawei G8

CARACTERISTICAS E ACESSÓRIOS

Huawei G8 (12)O novo Huawei G8 Vem equipado com o processador quad-core Snapdragon 615 e dispõe de duas configurações possíveis para memória: 16GB de memória interna com 2 GB de RAM ou 32GB de memória interna com 3 GB de RAM. Suporta ainda cartões de memória microSD até 64 GB.

Conta ainda com duas câmaras: frontal com 5 MP e traseira com 13 MP, esta com flash com duplo LED.

Aqui fica um resumo das principais características deste equipamento:

  • Dimensões: 152 x 76.5 x 7.5 mm
  • Peso: 167 g
  • Sistema operativo: Android OS, v5.1 (Lollipop) – Prevista a atualização para v6.0 (Marshmallow)
  • Ecrã: IPS de 5.5″, 16 milhões de cores
  • Resolução: 1080 x 1920 pixels (401 ppi)
  • Câmara traseira: 13 MP com autofocus, flash com duplo LED, foco por toque, deteção facial/sorriso, panorama, HDR
  • Câmara frontal: 5 MP
  • Processador: Snapdragon 615, Quad-core 1.5 GHz Cortex-A53 e quad-core 1.2 GHz Cortex-A53
  • GPU: Adreno 405
  • Memória RAM: 2GB/3GB
  • Memória Interna: 16 GB/32 GB
  • Bateria: 3000 mAh, não removível
  • Wi-Fi:  802.11 b/g/n, hotspot
  • GPS: A-GPS e GLONASS
  • Bluetooth: v4.0, A2DP, L
  • Nano-SIM
  • Sensores: Impressão digital, acelerómetro, sensor de proximidade, bússola

DESIGN E ECRÃ

Huawei G8 (9)O design do novo Huawei G8 impressiona bastante. Mesmo apresentando um ecrã de 5.5″, a Huawei conseguiu criar um aparelho que não parece excessivamente grande. Os cantos arredondados facilitam muito o manejo do telefone, por exemplo, a jogar ou a ver filmes, contribuindo para uma muito boa ergonomia nestas atividades (em que geralmente o aparelho é usado na horizontal).

O rebordo e a parte traseira constituem uma única peça que, apesar de ser de plástico, apresenta um acabamento metalizado que ajuda a evidenciar o telefone. Apesar de ser de plástico, este é de muito boa qualidade, levando a pensar que se trata mesmo de uma peça metálica.

Ainda na parte traseira, é evidente a presença da câmara, que é bastante saliente – pelo menos 2 mm – constituindo um ponto negativo a nível de design. Quando pousamos o telefone em cima da mesa, é notório que este fica inclinado. Esta falha no design poderá levar a que no futuro, a câmara fique riscada.

Huawei G8 (20)Outro ponto a destacar é a saída de som que, em muitos aparelhos é na parte traseira mas, no caso do Huawei G8 é na parte de baixo (à semelhança do IPhone 6/6S e que segue uma tendência geral). Aqui, a minha opinião divide-se. Se por um lado permite uma muito melhor perceção sonora quando temos o aparelho em cima de uma mesa ou agarrado a um suporte, por outro, ao jogar ou ver um filme com o telefone na horizontal, as nossas mãos, inevitavelmente, irão tapar a saída do som.

Na parte frontal do aparelho, contamos com um ecrã de 5.5″, com os cantos arredondados (2.5D) sem qualquer botão.  Este ecrã apresenta uma resolução Full HD. As cores apresentadas são muito nítidas, o que permite excelentes experiências de vídeo e de jogos. Mesmo com condições menos favoráveis de luz, o ecrã mantém-se muito nítido e de fácil visualização.

DESEMPENHO

Huawei G8 (9)No que diz respeito ao desempenho, o processador Snapdragon 615 dá conta do recado. Aliado aos 3 GB de RAM, verifica-se um comportamento fluído.

Verificámos alguns bloqueios temporários no software, em particular quando abrimos a aplicação do Facebook. Tendo em conta que apenas acontece com o Facebook, vamos assumir que o bloqueio tem a ver apenas com a aplicação e não com o telefone.

Teste realizados recorrendo à aplicação AnTuTu Benchmark v6.0 revelaram que o novo Huawei G8 é pontuado com 34586 pontos, uma pontuação bastante boa.

Com uma utilização mais puxada, começa a notar-se algum aquecimento (em especial quando corremos jogos mais pesados). No entanto, o aquecimento notado não é nada de extraordinário e não se verificou perdas de desempenho devido a esse sobreaquecimento.

Também se testou exaustivamente o sensor de impressões digitais presente no dispositivo. a sua configuração é muito simples e, quando a leitura da impressão digital é feita corretamente (o que não leva muito tempo a ser feita essa leitura) permite um eficaz e rápido desbloqueio do telefone. é necessária ter alguma atenção à pressão exercida no sensor, dado que quando esta é excessiva, a leitura não consegue ser feita corretamente dado que a deformação da impressão digital é significativa. Demora algum tempo a perceber qual a pressão ideal a exercer no sensor, mas nada de impeditivo.

Huawei G8 SS (2)Em relação ao GPS, foram testadas duas aplicações: uma para condução – Waze – e outra para corrida – Strava.

Em relação à condução, o Huawei G8 foi muito rápido a encontrar satélites, não tendo sido registado qualquer problema em obter direções.

Em relação à corrida, o GPS foi testado exaustivamente, sendo que o resultado mais fidedigno foi obtido na corrida de São Silvestre (10 Km), em que a aplicação registou um total percorrido de 10.4 Km (um erro de 4%). Estes resultados são bastante satisfatórios.

CAMÂRA

Huawei G8 (21)A câmara frontal do Huawei G8 dispõe de um sensor com uma resolução máxima de 13 MP. Esta apresenta vários modos de fotografia, nomeadamente, modo panorama, HDR e melhor fotografia. Os dois primeiros já são bastante comuns em câmaras de smartphone, sendo que o primeiro permite fazer uma montagem de várias fotografias permitindo fotos com ângulos de visão muito elevados e o segundo permite tirar fotografias com grande detalhe em ambientes cujo contraste de luz é muito elevado. Em baixo podem ver duas fotografias tiradas ao mesmo objeto, sendo a da esquerda com o modo HDR desativado e a da direita com o modo HDR ativo:

O terceiro, permite realizar uma sequência de disparos por forma a que o utilizador possa escolher a melhor fotografia.

Em condições de boa luminosidade, as fotografias tiradas com a câmara do Huawei G8 são de boa qualidade com uma ótima resolução.

Alguns exemplos de fotografias tiradas com boa luminosidade:

dav

Já em condições de pouca luminosidade, a câmara do Huawei G8 não surpreende. Ou somos obrigados a recorrer ao flash da câmara, o que nem sempre é indicado ou mesmo possível (no caso de museus, por exemplo), ou então as fotografias irão sair muito escuras, constituindo um ponto negativo para esta câmara. Este problema seria facilmente resolvido adicionando um modo manual de fotografia, onde fosse possível aumentar o valor do ISO (que traduz a sensibilidade do sensor à luz) e o tempo de exposição. Este modo já está presente em vários dispositivos e existem aplicações que também o permitem fazer. No entanto seria interessante ver este modo na aplicação de raiz da câmara.

Outra solução seria a de refinar o modo automático, de modo a que o ISO e o tempo de exposição se melhor adaptassem às condições de luminosidade.

Em baixo, um exemplo de fotografia tirada em condições de pouca luminosidade:

v
Câmara do Huawei G8 – Condições de pouca luminosidade

Segue-se várias fotos tiradas com o equipamento:

VEREDITO: HUAWEI G8

A Huawei já nos habituou a equipamentos de boa qualidade com design vanguardista e o Huawei G8 não é exceção.

O telefone, apesar de grandes dimensões, é muito ergonómico, não tendo sido registada qualquer limitação na sua utilização por este ter um ecrã de 5.5″.

O desempenho do telefone é muito satisfatório a vários níveis. O processador cumpre muito bem as suas funções, registando um ligeiro aquecimento quando corremos aplicações mais pesadas. O sensor de impressões digitais é muito preciso e de fácil configuração. O ecrã é muito nítido e permite uma excelente experiência de visualização em quaisquer condições de luminosidade, e mesmo quando usamos óculos com lentes polarizadas. A câmara é muito satisfatória em condições de boa luminosidade.

Para o tipo de utilização que dou (bastante puxada, dado que recorro várias vezes ao GPS e jogo bastante), a bateria dura para um dia inteiro de utilização.

Pontos a favor:

  • Design com rebordo metálico e ergonómico;
  • Ecrã nítido;
  • Desempenho do GPS;
  • Bateria de 3000 mAh.

Pontos contra:

  • Desempenho da câmara em condições de pouca luminosidade;
  • Saída de som na parte de baixo do telefone (para quem vê vídeos e joga com o telefone na horizontal, bloqueia a saída de som);
  • Câmara muito saliente (quando o telefone esta em cima da mesa, este fica assente em cima da câmara).

Agradecemos desde à Huawei por nos ter facultado este equipamento que se encontra à venda nas lojas de retalho por 449,99€. Segue-se a nossa galeria de fotos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here