Amazon. Trabalhadores da Alemanha juntam-se à greve de Espanha e Polónia

Milhares de trabalhadores da Amazon dos armazéns alemães irão fazer greve na terça-feira na procura de melhores condições de trabalho. Esta greve surge em solidariedade com os trabalhadores de Espanha e da Polónia da Amazon que tem greve anunciada para o mesmo dia.

A greve foi planeada para apanhar um dos dias de uma grande promoção anunciada pela marca americana.

Luta por condições de saúde

“A mensagem é clara – enquanto que a gigante da internet fica rica, está a não gastar dinheiro na saúde dos seus trabalhadores,” disse Stefanie Nutzenberger, um dos representantes do sindicado dos trabalhadores responsável por esta paralisação.

A paralisação ocorrerá em seis armazéns da Alemanha e coincide com a promoção do “Prime Day”. Os trabalhadores da Polónia também estarão parados nesse dia, enquanto que os trabalhadores espanhóis têm marcada uma greve de três dias.

A Amazon defende-se das acusações

A empresa americana considera as reivindicações dos trabalhadores infundadas e tem esperança que apenas uma fracção dos 12.000 trabalhadores na Alemanha se juntem à greve planeada para terça-feira. Considera que, se as suas projecções estiverem correctas, estas greves não terão impactos nas encomendas do Prime Day.

A Amazon considera também que os seus armazéns são um excelente local para aprender “competências” e para iniciar uma carreira. “Nós acreditamos que os (trabalhos de armazém) da Amazon são excelentes trabalhos que proporcionam um óptimo lugar para aprender competências e para começar e desenvolver uma carreira,” afirmou a companhia americana em comentários enviados por e-mail à Reuters.

A Alemanha é o segundo maior mercado da Amazon

O mercado alemão é grande importância para a Amazon, sendo o segundo maior mercado da empresa a seguir ao mercado dos Estados Unidos. A empresa aumentou em 2017 as suas vendas em 20% na Alemanha, atingindo os $17 biliões, o que corresponde a 9.5% do total da empresa.

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here