Amazon retira produtos ligados ao coronavirus!

A Amazon baniu cerca de mais de um milhão de produtos que supostamente serviriam para proteger contra o coronavirus, ou até mesmo curar o vírus, mas a verdade é que não.

Além de ter banido estes produtos, a Amazon também decidiu remover das vendas centenas de produtos da área da saúde que ficaram com preços exorbitantes devido ao medo que o coronavirus está a instalar nas pessoas.

A Organização Mundial de Saúde (WHO) tem demonstrado preocupação sobre alguns produtos que podemos encontrar na Amazon, tais como tratamentos falsos. Este tipo de falsos produtos pode levar as pessoas a gastar dinheiro desnecessário em falsas soluções que por sua vez podem levar as pessoas a não se proteger correctamente por acharem que já estão protegidas. A verdade é que o vírus já matou cerca de 2800 pessoas pelo mundo fora.

A WHO tem alertado as grandes empresas de tecnologia a combaterem a falsa informação sobre o vírus pois essa situação só causa confusão e desconforto para milhares de pessoas.

Se pesquisarmos “coronavirus” na Amazon aparecem produtos como máscaras, desinfectantes e livros sobre o vírus ou sobre teorias da conspiração do vírus. Também aparece fortalecedores de vitamina C (uma suposta cura para o vírus mas que já foi posta de lado).

A Amazon não partilhou uma lista de produtos que removeu do site mas ainda se pode ver alguns produtos que podem ser remetidos para o coronavírus a preços bem elevados. Um exemplo é o conjunto de 50 peças de máscaras cirúrgicas que custam mais de 170 libras (mas temos a alternativa a este produto com um preço mais simpático de 36 libras, mas que antes custava menos de 10 libras).

Convém ter em conta que muitos desses produtos nem servem o propósito para o qual o utilizador o compra, por isso todo o cuidado é pouco nesta altura.

Fonte: BBC

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here