Amazon poderá lançar concorrente ao Google Stadia ainda este ano

Ao vermos o Google Stadia e Microsoft xCloud, a entrada da Amazon no mercado de streaming de jogos acaba por não ser surpreendente, já que a Amazon é um dos principais fornecedores de serviço na nuvem. Um novo relatório divulga o interesse na área do gaming da Amazon e estará a preparar um concorrente do Stadia e o com conteúdo original.

A informação é divulgada pelo New York Times, que confirmou a ambição de jogos na nuvem da Amazon. No entanto, o primeiro o conteúdo original que deve ser lançado já no próximo mês.

O Crisol é descrito como um “ambicioso jogo de ficção científica”, baseado em equipes e semelhante a League of Legend e Dota 2. Com elementos estratégicos, ele foi redesenhado desde o início do desenvolvimento em 2014 para “focar em jogo on-line competitivo e transmissão ao vivo no Twitch.” O jogo é desenvolvido pelos Relentless Studios, uma produtora pertencente à Amazon.

Crisol é um jogo permanente de terceira pessoa, de confiança e traição. Cada partida coloca concorrentes humanos e alienígenas com armas e habilidades únicas num mundo alienígena exuberante. Os jogadores fazem e quebram alianças em tempo real. No Crisol, é preciso uma mistura de habilidades de combate, planeamento estratégico e requinte social para sobreviver.

Em maio, também será lançado o jogo online para vários jogadores, New World, que mostra o mecanismo de jogo Lumberyard da Amazon. O cenário é um “século XVII alternativo” com elementos de fantasia. Este projeto é de um segundo estúdio de jogos em Santa Monica, enquanto a Amazon também possui.

Esses dois títulos estarão disponíveis em plataformas ttradicionais, com a visão de longo prazo de jogos na nuvem. O Projeto Templo é o nome dado ao projeto que se enquadra no modelo de Stadia, xCloud e Nvidia GeForce sem downloads e que irá trazer jogos para hardware low-cost. A Amazon está bem posicionada como o principal provedor de serviços na nuvem para colocar a infraestrutura da AWS para streaming de jogos. Também já têm uma forte presença no streaming de vídeo e música.

Segundo a informação do jornal, estava previsto que a Amazon lançasse uma versão inicial no início deste ano, para não ser ultrapassado pela Google que já lançou o seu serviço, no entanto, e devido à pandemia do novo Covid-19, poderá ter atrasado o seu desenvolvimento.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here