Alemanha: Qualcomm paga 1.34 mil milhões como garantia para bloquear vendas da Apple

6 de Janeiro de 2019
2 Partilhas 245 Visualizações

A fabricante de processadores Qualcomm dos EUA tomou medidas para impor uma ordem judicial proibindo a venda de alguns modelos de iPhone na Alemanha. Para que a mesma fosse cumprida, a Qualcomm precisava de colocar 1,34 mil milhões de euros (1,5 mil milhões de dólares), como garantia o que foi feito durante esta semana.

Desta forma, o tribunal deverá, nos próximos dias, impôr a proibição de vendas do iPhone 7 e do iPhone 8 na Alemanha, sendo que a Apple, assim que foi anuciado a primeira decisão, afirmou que já tinha retiado os modelos das suas 15 lojas no país. Este é o primeiro processo que consegue, mesmo, bloquear as vendas da Apple.

Processo:

Em comunicado, a Qualcomm afirma que “Dois tribunais em duas jurisdições diferentes nas últimas duas semanas confirmaram o valor das patentes da Qualcomm e declaram a Apple como infrator, ordenando a proibição de iPhones em mercados importantes da Alemanha e da China.

A Qualcomm afirma que al imitação entrará em vigor em poucos dias. Mas a Apple já afirmou que vai recorrer da sentença para que isso não aconteça. O resultado do recurso interposto pela fabricante da maça não irá suspender a proibição de venda dos seus produtos.

Assim, a Apple deverá remover os modelos iPhone 7 e iPhone 8 das diversas lojas de retalho no mercado alemão. O iPhone XS, Max XS e XR não são afetados pela decisão.

A Apple também está a enfrentar limitações semelhantes na China, que também proíbe a Apple de vender nesse país asiático, desde o iPhone 6S até ao iPhone X. Na China, a Apple lançou uma atualização de software com o objetivo de não utilizar a patente que a Qualcomm acusa a fabricante de utilizar indevidamente e, desta forma, continuar a vender os seus iPhones, No entanto, cabe agora a tribunais chineses para determinar se a atualização foi suficiente para evitar a proibição de vendas.

A diferença entre os processos na China e Alemanha é a tecnologia disputada. Na China, a tecnologia Qualcomm disputada é inteiramente baseada em software. Na Alemanha, a tecnologia disputada é aparentemente baseada em hardware.

Como tal, a decisão na Alemanha pode ser muito mais difícil para a Apple para resolver.

Fonte: Qualcomm

Artigos interessantes

A nova funcionalidade do Google Maps
Google
16 Visualizações
Google
16 Visualizações

A nova funcionalidade do Google Maps

Sandra Pacheco - 25 de Março de 2019

Esta nova funcionalidade irá destacar ainda mais o Google Maps dos concorrentes diretos. Falamos da “partilha de eventos”. Esta nova…

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm
Hardware
28 Visualizações
Hardware
28 Visualizações

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm

Bruno Peralta - 25 de Março de 2019

O próximo processador topo de gama da Huawei que deverá ter o nome de Kirin 985 pode se tornar o…

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã
Telemóveis
9 Partilhas36 Visualizações
Telemóveis
9 Partilhas36 Visualizações

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã

Bruno Peralta - 24 de Março de 2019

A Xiaomi é uma das principais fabricantes de equipamentos eletrónicos do momento, sendo que tem uma gama variada de produtos…

Comente

O seu email não será publico