AirCar ganha certificado: Já vamos poder ver carros no céu

Um carro voador capaz de atingir velocidades acima de 100 mph (160 KM/H) e altitudes acima de 8.000 pés (2.500 m) recebeu um certificado de aeronavegabilidade pela Autoridade de Transporte Eslovaca.

O carro-avião híbrido, AirCar, está equipado com um motor BMW e funciona com combustível de bomba de gasolina comum. Leva apenas dois minutos e 15 segundos para se transformar de carro em aeronave.

A certificação seguiu 70 horas de testes de voo e mais de 200 decolagens e aterragens, disse a empresa. “A certificação AirCar abre as portas para a produção em massa de carros voadores muito eficientes”, referiu o seu criador, Prof Stefan Klein. “É oficial e a confirmação final de nossa capacidade de mudar as viagens de média distância para sempre”, acrescentou.

Em junho, o carro voador completou um voo de 35 minutos entre os aeroportos internacionais de Nitra e Bratislava, na Eslováquia. A empresa disse à BBC que planeia “voar para Londres de Paris em um futuro próximo”.

Carros voadores podem estar para breve

Steve Wright, investigador sénior em aviação e sistemas de aeronaves da Universidade do Oeste da Inglaterra, afirmou que a notícia foi “um bom passo no caminho” para a empresa e que o deixou “cautelosamente optimista de que vou ver vários AirCars um dia – mas acho que ainda há um caminho a percorrer”.

Outras empresas também estão a desenvolver veículos que podem voar e ser conduzidos nas estradas. O PAL-V Liberty de três rodas, que voa como um girocóptero, é legal na Europa e está a trabalhar para obter a certificação da Agência de Segurança da Aviação da União Europeia.

O AirCar descola e aterra como um avião convencional e requer uma licença de piloto para voar. Mas várias empresas estão a trabalhar em serviços de táxi aéreo não pilotado com voo autónomo. Os promotores esperam que estes sejam uma forma de transporte conveniente e flexível – e alguns estão a atrair investimentos significativos.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui