Acionistas da Yahoo ameaçam tomar rédeas da empresa e despedir administração

passatempo

Yahoo-logo

A novela da Yahoo está longe de estar terminada. As notícias dos mercados financeiros dão conta de uma possível tomada forçada da gestão da empresa por parte dos acionistas. Com a administração à procura de comprador para o seu negócio online e Marissa Mayer à procura do caminho com cortes financeiros e potenciar o negócio através dos dispositivos móveis e de conteúdos vídeo, o consenso parece estar longe.

O grupo de investimento Starboard, um dos que pede há vários meses o despedimento de Marissa Mayer, ameaça com uma autêntica guerra civil toda a cúpula de gestão da Yahoo segundo afirma o Wall Street Journal. Para preencher estes lugares os acionistas da empresa propõem quadros eleitos a dedo para acelerar o processo de venda da empresa.

Numa comunicação efetuada por carta, a que o WSJ teve acesso, a Starboard afirma que o atual conselho de administração “falhou de forma contínua ao não cumprir as suas próprias promessas”  indo até mais longe ao afirmar de que não se pode confiar na atual timoneira da Yahoo. O esclarecimento deste grupo esclarece ainda que a situação da Yahoo é “extremamente difícil” afirmando haver vários compradores interessados e credíveis para o seu negócio principal.

O futuro da Yahoo está portante mais obscuro do que nunca.

Fonte: The Wall Street Journal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here