Ascensão e Queda de “The Day Before”: Uma Lição para a Indústria dos Videojogos

O mundo dos videojogos é um universo fascinante, repleto de promessas de aventura, emoção e inovação. No entanto, nem todas as promessas são cumpridas, como foi o caso do jogo “The Day Before”, desenvolvido pelo pequeno estúdio russo. Este jogo, que prometia ser um marco na indústria, acabou por se tornar um exemplo de como as coisas podem correr mal.

Anunciado em 2021, “The Day Before” deixou muitos jogadores de boca aberta com o seu trailer impressionante. A qualidade gráfica e a promessa de uma experiência de jogo inovadora fizeram com que muitos ficassem ansiosos pelo seu lançamento. No entanto, o facto de ser desenvolvido por um estúdio sem experiência em grandes produções levantou algumas suspeitas.

O lançamento do jogo foi adiado para 2023, com o estúdio russo a alegar que tinha decidido mudar de motor gráfico. Apesar de isto implicar a recriação do jogo do zero, o estúdio garantiu que o jogo estaria pronto e disponível na data prevista. Esta decisão levantou ainda mais suspeitas e a publicação de um novo vídeo de gameplay no início do mesmo ano fez com que muitos começassem a desconfiar de que algo não estava bem.

Finalmente, a 8 de Dezembro de 2023, “The Day Before” foi lançado. No entanto, poucos dias antes, o estúdio já tinha publicado um pedido de desculpas no Twitter, antecipando as críticas que sabiam que iriam receber. Apesar de garantirem que o jogo não estava feito com assets de Unreal, a comunidade de jogadores rapidamente provou o contrário.

Apenas três dias após o lançamento, o estúdio russo anunciou o encerramento do estúdio, o que significava que “The Day Before” não receberia as atualizações e melhoras prometidas. Afirmaram que os servidores continuariam em funcionamento para que os jogadores pudessem continuar a jogar, mas pouco tempo depois anunciaram que estes seriam encerrados.

Na minha opinião, este caso serve como uma lição para a indústria dos videojogos. É importante que os estúdios sejam transparentes e honestos com os seus jogadores, e que cumpram as promessas que fazem. Casos como este podem danificar a confiança dos jogadores na indústria e levar a uma reação negativa por parte dos mesmos. “The Day Before” pode ter entrado para o “Hall of Fame” da infâmia, mas esperemos que sirva como um exemplo do que não fazer no futuro.

Fonte: Ign

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui