700 mil unidades do Xiaomi Pocophone F1 foram vendidas em apenas três meses

7 de Dezembro de 2018
2 Partilhas 154 Visualizações

Em agosto deste ano, a Xiaomi anunciou o Pocophone F1, smartphone que em pouco tempo se tornou um sucesso, entregando especificações de ponta e preço acessível. Agora, Manu Kumar Jain, vice-presidente da empresa, revelou em sua conta no Twitter que 700 mil unidades do Pocophone F1 foram vendidas em apenas três meses.

O executivo destacou que, embora “Poco” signifique “pequeno” em espanhol, a comunidade deste smartphone cresceu consideravelmente em pouquíssimo tempo. O Pocophone F1 tem ajudado a Xiaomi a liderar em mercados importantes, tais como a Índia, onde a fabricante chinesa ficou em primeiro lugar no terceiro trimestre de 2018, de acordo com dados da Counterpoint.

Como foi dito anteriormente, o sucesso do Pocophone F1 se deve ao fato do aparelho trazer o Snapdragon 845, chipset de alto desempenho, grande quantidade de armazenamento, até 8GB de RAM e ótimas câmeras, tudo por um preço interessante. Na Europa, por exemplo, a variante com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento é vendida por menos de € 350.

Para quem não conhece, o Pocophone F1 possui uma tela LCD de 6,18″ com resolução de 2246×1080 pixels, aspecto 18,7:9, 82,3% de relação tela-corpo, 403 ppi de densidade e vidro com proteção Gorilla Glass 3. Por dentro, temos o processador Snapdragon 845 octa-core, com quatro núcleos Kryo 385 Gold rodando a 2,8 e outros quatro Kryo 385 Silver rodando a 1,8 GHz – a GPU é a Adreno 630.

Existem três variantes disponíveis para compra: a primeira com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, a segunda com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento, e a terceira com 8GB de RAM e 256GB de armazenamento – todas podendo expandir até 256GB via microSD.

No departamento de câmeras, há dois sensores na traseira, sendo o principal Sony IMX363 de 12MP com abertura f/1.9 e o secundário de 5MP com abertura f/2.0 –  todo o conjunto entrega estabilização digital de imagem, HDR, foco PDAF e possibilidade de filmar em até 4K a 30fps. Na parte frontal, temos uma câmera de 20MP com abertura f/2.0.

Para manter o Pocophone F1 ligado, a Xiaomi inseriu uma grande bateria de 4.000 mAh com suporte a tecnologia de carregamento rápido “Quick Charge 3.0”. Em software, a beta da MIUI 10 baseada no Android Pie já está disponível, com previsão da versão estável ser liberada até o final deste ano. Como recurso de segurança, existe um leitor de digitais na traseira.

Fonte: GsmArena

Artigos interessantes

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento
Destaques
32 Visualizações
Destaques
32 Visualizações

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento

Bruno Peralta - 16 de Janeiro de 2019

Os fabricantes de smartphones estão retirando lentamente os tradicionais leitores de impressão digital em favor dos sensores no ecrã, mas…

Falhas de segurança no jogo Fortnite põem dados dos utilizadores em risco
Jogos / Consolas
29 Visualizações
Jogos / Consolas
29 Visualizações

Falhas de segurança no jogo Fortnite põem dados dos utilizadores em risco

Daniela Azevedo - 16 de Janeiro de 2019

Um grupo de investigadores da empresa de cibersegurança Check Point descobriu vulnerabilidades no famoso jogo Fortnite, que afetaram os dados…

Oppo oficializa um sensor ótico 10x e um sensor biométrico no ecrã maior
Destaques
28 Visualizações
Destaques
28 Visualizações

Oppo oficializa um sensor ótico 10x e um sensor biométrico no ecrã maior

Bruno Peralta - 16 de Janeiro de 2019

A Oppo teve um evento durante o dia de hoje onde apresentou uma nova configuração de uma câmara de 10x,…

Comente

O seu email não será publico