700.000 perfis de candidatos roubados à Michael Page em assalto

michael-page-site

A empresa de recursos humanos Michael Page foi assaltada por piratas informáticos o que causou a exposição de mais de 700.000 perfis de candidatos a emprego. O golpe terá acontecido há cerca de 10 dias, tendo apenas a empresa tomado medidas agora. Este é o maior roubo de informação confidencial protagonizado por ‘hackers’ visando uma empresa britânica.

Ao todo foram mais de 711.000 utilizadores que viram expostos dados confidenciais e pessoais como nomes, endereços de e-mail, números de telefone, moradas, historial profissional e cartas de apresentação. A Michael Page afirmou já que este acesso foi realizado através de uma porta de um servidor não tendo os piratas acedido às palavras passe das contas dos utilizadores.

Entretanto foi encetada uma investigação que terá já identificado e entrado em contacto os piratas, e segundo fonte da empresa «o roubo não foi realizado com intenções maliciosas».

Em resposta, os ladrões afirmam que já eliminaram toda a informação, não existindo qualquer risco de compromisso de dados.

A gestão da segurança da plataforma da Michael Page e gerida pela Capgemini que ativou de imediato todos os procedimentos na noite de 31 de outubro para 1 de novembro no sentido de minimizar todos os danos.

Fonte: The Mirror

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here