3 motivos que ilustram por que usar aplicações para aprender línguas é um luxo

Fonte: Pexels

Aprender algo novo é sempre bom. A gente fica entusiasmado, diz que vai estudar, compra o material, mas depois… “Ah, deixa pra amanhã”, “Vou começar na segunda-feira, que é melhor”, “Eu gosto, mas essa língua é muito difícil”, “Posso passar esse capítulo?”. Quantas dessas desculpas já foram ouvidas ou foram dadas? A verdade é que não existe fórmula perfeita. É possível fazer um curso ou ter um professor particular ao seu lado, só que, no fim, tudo depende do nosso empenho! Mas, como a vida é dinâmica e a gente está aqui para ajudar, separamos alguns motivos que demonstram por que algumas aplicações podem ser muito úteis nesta jornada, afinal, a vida não precisa ser assim tão árdua! Vamos lá!

Uma das melhores aplicações para aprender idiomas é, por exemplo, o da Babbel. Por meio de uma plataforma moderna e intuitiva, são disponibilizadas várias lições divididas em pequenos blocos, assim dá para comemorar (uhu!) cada vez que completar cada nível e sentir que está progredindo de verdade. Então, nada daqueles métodos mirabolantes que são falados a dizer que funcionaram com a filha da amiga da prima da sua tia. Não. Apenas uma fórmula com eficiência comprovada. Além disso, a Babbel oferece sistemas de treino de pronúncia e também de fixação dos temas estudados, oferencendo módulos de revisão e gramática que podem ser acedidos a qualquer hora e sem custo adicional. Vamos imaginar que já se considera um cantor profissional de chuveiro, entoando “Con te partirò” (o que já é um começo!) toda vez que vai tomar banho, mas que agora quer aprender italiano para além de apenas mexer as mãos. Pois comece a ver este vídeo para te dar aquele impulso:

Agora que já deve estar com aquele sentimento de “é desta!”, vamos ao motivo número 1 que mostra como o aplicativo pode ajudar. Sabe quando está cansado de um dia corrido, já vestiu aquele blusão lotado, saiu da faculdade ou do trabalho e tudo o que quer é um pão com chouriço e a sua cama, mas ainda tem que ir para o curso? Amigo, com a aplicação só precisa de uns minutinhos, os mesmos que você usa vendo nada que realmente te interessa no Facebook, mas já o faz por hábito, e que se transformam em 5, 10, 15 minutos perdidos. Pronto, 15 minutos é o que você precisa para fazer uma lição da Babbel.

Fonte: Pexels

O segundo motivo é que já foi o tempo em que o curso servia para ensinar um novo idioma. Quantas vezes você já abriu os livros, sabendo exatamente o que ia acontecer, quando o professor ia pedir para praticar os diálogos com o colega que você não conhece e com quem não está com vontade de falar? E, depois, ainda vai ter de repetir o áudio 3 vezes… Já viu esse cenário, né? As aplicações finalmente oferecem uma nova estrutura, diálogos mais dinâmicos, assuntos que interessam. Vamos dar uma diversificada que faz bem.

O terceiro motivo é o bolso. As aplicações podem ser acedidas gratuitamente ou a um preço bem acessível, então desta vez não tem  como dar a desculpa de que aprender outra língua é caro, de que é preciso economizar para comprar o panetone para o Natal, de que está a custar mais do que a eletricidade. Já passou da hora de mudar essa ideia de que é preciso investir muito dinheiro para aprender um idioma ou de que é o tipo de coisa acessível apenas a uma certa elite.

Gostou das dicas? Agora é contigo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here