18.ª Conferência Anual do itSMF é sobre “Confiabilidade e Agilidade da Gestão de Serviços”

A 18.ª edição da Conferência Anual do itSMF (it Service Management Forum) vai realizar-se a 11 de outubro na Lispolis, em Lisboa, em formato híbrido (presencial e online).

Em nota enviada à imprensa fica a saber-se que o tema deste ano é “Confiabilidade e Agilidade da Gestão de Serviços” – dois dos aspetos centrais nos modelos de negócio atualmente, principalmente depois da alteração de paradigma a que a pandemia nos obrigou.

Será que as empresas/organizações continuam a prestar serviços com a qualidade acordada? Estarão as preocupações com a cibersegurança devidamente asseguradas a cada transação com os stakeholders? E a que velocidade tudo isto acontece?

18_CONFERENCIA ANUAL 2022_itSMF

Estas são algumas das questões que serão debatidas ao longo do dia por um conjunto de especialistas nacionais e internacionais, conforme o programa disponível aqui.

As inscrições, que podem ser feitas aqui, são válidas tanto para presencial como online.

De recordar que, em maio do ano passado, o tema da conferência anual do itSMF Portugal foi “Balbúrdia Digital – Melhores Práticas para o novo normal”.

Durante a pandemia, a transformação digital da economia deu-se de uma forma abrupta, frequentemente ignorando as boas práticas de gestão e governação associadas aos sistemas e às TIC obrigando a um repensar da gestão de segurança da informação.

Ana Festas Henriques, da Secretaria de Estado para a Transição Digital, sublinhava, na altura, a importância que o governo atribui ao contexto digital da nossa economia, o que ganha particular relevância precisamente com a criação de uma secretaria de Estado dedicada a este tema.

É inegável que a pandemia causou muitos “estragos” na economia em geral, mas, segundo dados de Ana Henriques, 62% das empresas esperavam ao longo deste ano recuperar os valores de faturação anteriores à pandemia. Reflexo positivo da presença das novas tecnologias no mercado de trabalho era também a percentagem de 71% das empresas que ponderava adotar o teletrabalho, pelo menos duas a três vezes por semana, mesmo já sem sinais da pandemia. No global, a adoção ou transição para o digital aumentou para 60%, pelo que, depois de tantas mudanças ocorridas, este ano a conferência vai avaliar como estão os níveis de “Confiabilidade e Agilidade da Gestão de Serviços”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui