10 mil euros é quanto a Microsoft terá que pagar pelo update não autorizado

Red Magic 3S

microsoft-game-squad-oficial

A Microsoft foi condenada em tribunal a pagar dez mil dólares depois do computador de Teri Goldstein ter ficado instável e inviável na utilização para fins profissionais, depois deste ter atualizado para o Windows 10 automaticamente.

Teri Goldstein afirmou que “nunca ouvi falar do Windows 10, ninguém me perguntou se queria fazer a atualização”. Depois do sucedido tentou corrigir o problema recorrente ao serviço de assistência da Microsoft, mas a lentidão passou a dominar por completo o seu computador de trabalho.

A atualização do Windows 10 anda a dar muita polémica, pois a Microsoft apostou numa atualização automática o que prejudicou muitos utilizadores. Contudo, a empresa decidiu não recorrer da sentença para evitar maiores custos com este processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here